Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Daniel 10.1-21


10.1 No terceiro ano de Ciro, rei da Pérsia, foi revelada uma palavra a Daniel, cujo nome é Beltessazar; a palavra era verdadeira e envolvia grande conflito; ele entendeu a palavra e teve a inteligência da visão.
10.2 Naqueles dias, eu, Daniel, pranteei durante três semanas.
10.3 Manjar desejável não comi, nem carne, nem vinho entraram na minha boca, nem me ungi com óleo algum, até que passaram as três semanas inteiras.
10.4 No dia vinte e quatro do primeiro mês, estando eu à borda do grande rio Tigre,
10.5 levantei os olhos e olhei, e eis um homem vestido de linho, cujos ombros estavam cingidos de ouro puro de Ufaz;
10.6 o seu corpo era como o berilo, o seu rosto, como um relâmpago, os seus olhos, como tochas de fogo, os seus braços e os seus pés brilhavam como bronze polido; e a voz das suas palavras era como o estrondo de muita gente.
10.7 Só eu, Daniel, tive aquela visão; os homens que estavam comigo nada viram; não obstante, caiu sobre eles grande temor, e fugiram e se esconderam.
10.8 Fiquei, pois, eu só e contemplei esta grande visão, e não restou força em mim; o meu rosto mudou de cor e se desfigurou, e não retive força alguma.
10.9 Contudo, ouvi a voz das suas palavras; e, ouvindo-a, caí sem sentidos, rosto em terra.
10.10 Eis que certa mão me tocou, sacudiu-me e me pôs sobre os meus joelhos e as palmas das minhas mãos.
10.11 Ele me disse: Daniel, homem muito amado, está atento às palavras que te vou dizer; levanta-te sobre os pés, porque eis que te sou enviado. Ao falar ele comigo esta palavra, eu me pus em pé, tremendo.
10.12 Então, me disse: Não temas, Daniel, porque, desde o primeiro dia em que aplicaste o coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, foram ouvidas as tuas palavras; e, por causa das tuas palavras, é que eu vim.
10.13 Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu por vinte e um dias; porém Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu obtive vitória sobre os reis da Pérsia.
10.14 Agora, vim para fazer-te entender o que há de suceder ao teu povo nos últimos dias; porque a visão se refere a dias ainda distantes.
10.15 Ao falar ele comigo estas palavras, dirigi o olhar para a terra e calei.
10.16 E eis que uma como semelhança dos filhos dos homens me tocou os lábios; então, passei a falar e disse àquele que estava diante de mim: meu senhor, por causa da visão me sobrevieram dores, e não me ficou força alguma.
10.17 Como, pois, pode o servo do meu senhor falar com o meu senhor? Porque, quanto a mim, não me resta já força alguma, nem fôlego ficou em mim.
10.18 Então, me tornou a tocar aquele semelhante a um homem e me fortaleceu;
10.19 e disse: Não temas, homem muito amado! Paz seja contigo! Sê forte, sê forte. Ao falar ele comigo, fiquei fortalecido e disse: fala, meu senhor, pois me fortaleceste.
10.20 E ele disse: Sabes por que eu vim a ti? Eu tornarei a pelejar contra o príncipe dos persas; e, saindo eu, eis que virá o príncipe da Grécia.
10.21 Mas eu te declararei o que está expresso na escritura da verdade; e ninguém há que esteja ao meu lado contra aqueles, a não ser Miguel, vosso príncipe.



Conforme entendimento da Palavra de Deus referente ao livro do Profeta Daniel, nós vemos que ele era um homem temente a Deus, um homem que gozava de uma aceitação valiosíssima perante Deus. Ele (Daniel) estava preocupado com o povo de Israel que estavam sofrendo opressões por parte do rei da Pérsia no reinado do tirano Ciro. Daniel preocupado com aquela situação recebeu uma revelação através de uma visão que previa ainda mais grande conflito para aquele povo. Então Daniel começou a orar a Deus para que Deus tivesse misericórdia daquela situação, orou durante três semanas diariamente dia e noite, jejuou, não comeu carne, nem bebeu vinho, nem se ungiu com óleo, nada, apenas orando ao Senhor em favor daquele povo. E não obteve resposta nenhuma do Senhor nesse período. No dia 24 do mês seguinte estando ele sentado em companhia de outros a borda do rio Tigre, levantou os olhos ao céu e lhe veio uma visão de um ser celestial vindo do céu com uma aparência diferente da dos homens terrenos, uma aparência peculiar de seres angelicais. Só Daniel viu essa visão ninguém mais viu, apesar de recair sobre os outros homens que estavam com ele grande medo e fugiram e se esconderam ficando Daniel sozinho. Daniel quando viu a aparência de homem, mudou de cor, desfigurou-se de tanto medo, tremendo, caiu desmaiado tão grande era a glória daquele Ser. Daniel não restava forças a não ser que fosse reconfortado pelo anjo que lhe pôs em pé e falou com ele.
Daniel nada pode falar, baixou a cabeça e continuou calado, mas o anjo lhe tocou nos lábios e falou para ele ter forças para falar, então os dois puderam conversar. O anjo lhe disse que só veio porque suas orações tinham sido ouvidas e aceitas, mas estavam sendo interceptadas pelo Satanás durante os 21 dias, “o qual (satanás) foi comparado ao rei da Pérsia Ciro o Tirano”, e o anjo não estava dando contas de vencer aquela batalha para que a oração pudesse chegar até Deus. Então foi preciso que o Arcanjo Miguel fosse ajudar o anjo naquela batalha terrível para que pudesse liberar as orações de Daniel. Após essa conversa o anjo deixou-o novamente e foi para o seu posto hierárquico nas regiões celestes brigar contra as forças de Satanás que impedem das orações dos homens chegarem até Deus numa espécie de interferência de ondas magnéticas espirituais.
Concluímos que, não devemos deixar de pedir sempre a Deus para que nos dê forças, coragem para enfrentarmos as adversidades da vida, e do mundo, não devemos deixar de orar em momento nenhum achando que Deus não ouve nossas preces, que Deus se esqueceu de nós, absolutamente! Devemos ser firmes na fé e perseverantes na oração, porque através delas é que nossos objetivos serão alcançados. Amem!