Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Atividades na Igreja - Palestra


Ontem dia 8 de novembro de 2009 na IPCDU no horário da E.B.D.,houve a Palestra sobre a Reforma Protestante com o tema: Igreja Reformada, Sempre Reformando e Transformando Vidas. Teve como Preletor o Presbítero Elias Francisco da (Igreja Presbiteriana de Areias). Foi um tema muito importante onde abordou sobre a Reforma Protestante no mundo. A Reforma Protestante foi apenas uma das diversas Reformas Religiosas ocorridas após a Idade Média, e foi a Principal e a mais importante onde Deus levantou um homem que pudesse enfrentar o poderio Romano. A causa principal e motivo direto da contestação foi a venda de indulgencias pelo Papa Leão X (1513-1521) com o intuito de terminar a construção da Basílica de São Pedro determinou a venda de indulgências (do latim indulgentia, que provém de indulgeo, "para ser gentil") é o perdão total ou parcial das penas temporais do cristão devidas a Deus pelos pecados cometidos, mas já perdoados pelo sacramento da Confissão, na vida terrena, pois acredita-se que o perdão obtido pela confissão não significa a eliminação das penas temporais, ou seja, do mal causado como conseqüência do pecado já perdoado, necessitando por isso de obter indulgências e praticar as boas obras, a fim de reparar o mal que teria sido cometido pelo pecado). Diante disso Lutero (1483-1546), que era monge agostiniano da região da saxônia, afixou as “95 Teses” na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg em 31 de outubro de 1517 desmascarando de uma vez por todas as facetas Romanas. Diante desse fato Leão X excomungou Lutero que em mais uma manifestação de protesto, rasgou a Bula Papal (documento da excomunhão), queimando-a em público.
A partir daí é que vem a denominação de “Protestantes” ou “crentes” como queiram, porque protestam contra as distorções sobre os ensinamentos das Escrituras Sagradas, dogmas etc., mostram a verdade que Deus mandou que fossem e pregassem a todas as partes do mundo "os seus Ensinamentos". O mais curioso é que Martinho Lutero nem se retratou, e nem foi executado como Roma costumava fazer com quem fosse contra suas leis. A partir daí é que foram sendo formadas as diversas congregações existentes no mundo que pregam a palavra de Deus na sua integra.
Que essa verdade continue eclodindo por toda parte para esclarecimento da humanidade.

Por Joseval Oliveira