Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

ESTUDOS BÍBLICOS

O Fruto do Espirito


(Gálatas 5.22-26)

        Quando o apóstolo passa a recomendar como o cristão deve viver, ele usa a expressão “fruto do Espirito” no singular. Cada árvore só dá um tipo de fruto, segundo a sua espécie.
        1-Quando aceitamos a Jesus Cristo como senhor e salvador, recebemos o Espirito Santo em nossas vidas, nosso espirito é ligado a Deus e o Espirito Santo implanta em nós o seu fruto, ou semente, que devidamente tratada e regada crescerá e se tornara numa frondosa árvore cheia de frutos.
        Se dermos lugar ao Espirito Santo e santificarmos nossas vidas todos verão que DEUS está em nossas vidas, pois pelos frutos somos conhecidos tanto pelo mundo, como pelo pai.
        2-O fruto do Espirito representa os atributos de Deus; os traços do seu caráter; o fruto vem de dentro e aparece do lado de fora, no quotidiano.
        3-Do amor precede todos os demais atributos de Deus que são desenvolvidos no crente pelo Espirito Santo que nele habita.
        4-Nossa maturidade cristã é medida pelo grau de permissão que damos ao Espirito Santo de agir e dirigir a nossa vida.

Virtudes ou Qualidades do Espirito Santo:
Tem a ver com o relacionamento íntimo com Deus.
        5.1- Amor: ágape ou agapao Rm 5.5; Jo 3.16; Jo 15.2-13 é o amor de Deus, misericordioso e cheio de graça. E o mais importante, sem este não se chega aos outros.
        5.2-Alegria (gozo): senso de bem-estar, sobretudo de bem-estar espiritual, por causa de uma correta relação com Deus.
        5.3-Paz: paz com Deus gera paz no meio da guerra e dos problemas; é ter certeza da salvação e do perdão de Deus, é amar nossos inimigos.
Tem a ver com nosso relacionamento com os outros.
        5.4-Longanimidade: não se deixando levar pela ira, pelas provocações, pelas perseguições; é demorar-se a dar lugar á inimizade; é ver as boas qualidades onde todos enxergam só o mau.
        5.5-Benignidade: honestidade, é nunca ser inflexível ou amargo.
        5.6-Bondade: generosidade, mais bem aventurado é o que dá do que o que recebe.
        5.7-Fidelidade (fé): indicando fidelidade a Deus e ao próximo, é crer nas promessas de DEUS e aplicá-las ao nosso viver.
        5.8-Mansidão: humildade, autocontrole, considerar aos outros superiores a si mesmo. Apaziguar.
        5.9-Temperança: 5.9.1 – nas palavras: quão boa à palavra dita ao seu tempo.
        5.9.2-nas ações: equilíbrio no viver e perante Deus; nas orações, no estudo da palavra e nos jejuns.
        5.9.3-nos pensamentos: manter os pensamentos cativos na palavra de Deus.

Rev. Pastor José Roberto
Imagem: pesquisa na internet