quarta-feira, 5 de maio de 2010

AS SETE IGREJAS DO APOCALIPSE

Essas são as Sete Congregações de Revelação, também conhecidas como as Sete Congregações da Ásia Menor, são as Congregações das cidades mais importantes desta região no início do cristianismo, mencionadas no livro do Apocalipse, no Novo Testamento. Atualmente, todas as ruínas destas antigas cidades encontram-se na Turquia. Na Revelação, Jesus Cristo instrui o apóstolo João da seguinte forma:

«...O que vês, escreve-o num livro, e envia-o às sete igrejas: a Éfeso, a Esmirna, a Pérgamo, a Tiatira, a Sardes, a Filadélfia e a Laodicéia.» (Apocalipse 1:11)

Podemos entender o termo "Congregações", neste contexto, como as comunidades cristãs que viviam nestas cidades e não necessariamente Congregações no sentido de templos, prédios ou construções, as quais foram construídas posteriormente para serem locais de reunião e culto.

Existem algumas interpretações que sugerem que essas 7 igrejas representem, num sentido mais amplo, os povos cristãos dos 7 continentes políticos da atualidade, ou ainda, que representem as 7 principais vertentes das denominações cristãs que estão difundidas hoje, as quais Deus descreve as obras de cada "igreja" por intermédio dos seus "anjos" divulgadores do evangelho ao longo dos tempos, reforçando assim o caráter global da mensagem e a sua inserção no contexto da era moderna.

As sete igrejas citadas são:

Éfeso (Apocalipse 2:1-7)
Esmirna (Apocalipse 2:8-11)
Pérgamo (Apocalipse 2:12-17)
Tiatira (Apocalipse 2:18-29)
Sardes (Apocalipse 3:1-6)
Filadélfia (Apocalipse 3:7-13)
Laodicéia (Apocalipse 3:14-22)

Origem: Wikipédia