Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

segunda-feira, 10 de maio de 2010

MENSAGEM PASTORAL - Unidos com um Propósito

(1Pe. 2:1-10)
Uma igreja nos Estados Unidos, nasceu como resultado de uma grande pesquisa efetuada entre os moradores da região. Os lideres tinham ido de casa em casa perguntando as pessoas como elas gostariam que fosse a igreja.

Depois de colherem as respostas, os lideres fizeram uma igreja de acordo com o gosto do povo, uma igreja que agradava as pessoas. Será isso correto?

A Bíblia nos ensina que a igreja não é uma “associação de moradores” ou uma “organização não-governamental” em que os lideres fazem o que lhes parecer mais adequado. A igreja é a “Casa de Deus”, onde se reúne a família de Deus. O “corpo vivo de Cristo”.

Os objetivos e formas pelos quais os pecadores serão alcançados (Jo. 6:37), são determinados pelo próprio Deus, não pelo gosto ou convicções humanas.

Somos chamados para fazermos algo, para realizarmos uma missão. Em primeiro lugar, nossa missão é adorar a Deus, que, segundo o Breve Catecismo, diz que o fim principal do homem é glorificar a Deus e gozá-lo para sempre.

A finalidade da igreja, já que é composta de pecadores redimidos, não poderá ser diferente, ela precisa ter prazer em adorar a Deus. Uma igreja verdadeiramente de adoradores (Jo. 4:24)).

Quanto mais intimidade tivermos com Deus, mais perceberemos que somos pecadores e que Ele é Santo, Santo,Santo. Em segundo lugar, a missão da igreja é servir aos santos. A adoração a Deus deve levar a igreja a obedecer à vontade Dele (Rm. 12:2).

A comunhão entre irmãos precisa ser vivenciada todos os dias. Pois a Igreja Primitiva vivia esta realidade e o Senhor, dia a dia acrescentava os que iam sendo salvos (At. 2:47).

Em terceiro lugar, a igreja precisa testemunhar ao mundo e diante dos homens. Para que estes (homens) glorifiquem a Deus (Mt. 5:16). O propósito de sermos reunidos como povo de Deus é “proclamar as virtudes daquele que nos chamou das trevas” (1Pe.2:9). Pregar o Evangelho a toda a criatura (Mc. 16:15).

O que as pessoas na época da Igreja Primitiva viam nos convertidos que os fazia querer se aproximar da igreja? Eles viam; crença solida na Palavra de Deus; temor a Deus; unidade; abnegação; comunhão e louvor a Deus (At. 2: 42-47).

Todas essas coisas juntas formam a melhor definição de testemunho. Havia nos cristãos da Igreja Primitiva coerência entre pregação e vida. Somos chamados para termos uma intimidade tão grande com Deus, que o mundo não tenha como negar que somos servos do Senhor Jesus Cristo. A Ele toda honra e toda a glória.

Em quarto e último lugar, a missão da igreja é a misericórdia. Foi o próprio Jesus que nos disse: “... pois Ele é benigno até para com os ingratos e maus. Sedes misericordiosos, como também é misericordioso o vosso Pai” (Lc. 6: 35,36).

Jesus havia alimentado uma multidão que não estava interessada apenas em ouvi-lo, isso é bem verdade. Mas, não podemos usar a obra social, o ministério da misericórdia, com a finalidade de “povoar” ou lotar a igreja. Devemos ser misericordiosos, incondicionalmente, e cheios de amor como nosso Senhor Jesus Cristo é.


Rev. Pastor José Roberto
Imagns: Internet