Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

quinta-feira, 3 de junho de 2010

MENSAGEM PASTORAL- Pensando Como Servo de Deus

“Lembrai-vos da palavra que eu vos disse: não é o servo maior do que seu senhor. Se me perseguiram a mim, também perseguiram a vós outros; se guardaram a minha palavra, também guardarão a vossa” (Jo.15:20).

Ser servo de Deus, requer uma mudança de comportamento e de mente, uma nova postura. Deus está sempre mais interessado em saber o que você faz, e por que faz.
Na qualidade de servo de Deus, não existe o “determinismo”, tão comum nas igrejas neopentencostais. Mas, uma submissão total e sem reserva ao Senhorio de Jesus Cristo.
Quando pensamos como servos de Deus, temos que nos submeter a sua vontade, mesmo que ela no momento não pareça para nós, ser “Boa, perfeita e agradável” (Rm. 12:12), como dizem as Escrituras Sagradas.

Deus sabe o que é melhor para nós. Mas, muitas vezes a “teimosia”, a “persistência”, nos faz querer aquilo que no momento não podemos ter. Mas quando pensamos como servos de Deus, temos que renunciar aquilo que achamos que é “de maior e de grande importância para nós”.
E como é difícil renunciar. Os servos de Deus devem servir com uma mentalidade voltada para a vontade soberana do seu Senhor e Criador.

Um dos grandes exemplos de servo é o do Senhor Jesus Cristo. Dizem as Escrituras Sagradas; “antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens e reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até a morte e morte de cruz” (Fl.2:7,8).

Jesus sendo o Filho de Deus, não veio para fazer a sua vontade, mas à vontade de Pai. Fazer a vontade daquele que o enviou.
Não poderemos ser considerados servos do Senhor, enquanto não nos esvaziarmos de nós mesmos e experimentarmos o que Deus têm e está reservando para nós: “Aquilo que nem olhos viram e nem ouvidos ouviram” (1 Co. 2:9).

A Bíblia diz que Ele trabalha por aqueles que Nele espera” (Is. 64:4).
Mas, como é difícil esperar, quando você já “acha” que esperou demais. Como é difícil esperar, quando você vir “algo” que esperou por tanto tempo parecer tão próximo a você. E como é “inaceitável” pensarmos, saber que, mesmo parecendo tão próximo, este “algo” está além do nosso alcance.

Precisamos entender que, como servos do Senhor Jesus Cristo, não podemos usar Deus para atingirmos nossos propósitos. Mas, deixar que Deus nos use para os propósitos Dele.
Porque Ele nos dará aquilo que precisamos no Seu tempo, não no nosso.

Por: Em Cristo Jesus, Rev. José Roberto
Imagens: Joseval Oliveira