segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Provérbios

O que guarda a boca conserva a sua alma, mas o que muito abre os lábios a si mesmo se arruína.(Provérbios 13.3)