Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Não use Rezas, use a Oração

Reza é um ritual usado no Catolicismo que serve de base sendo repetitivo todas as vezes que se vai invocar algo.
Trata-se de uma repetição de palavras sem expresssar o verdadeiro diálogo entre o ser humano e a Trindade, Deus Pai Filho Espirito Santo.
Não existe base bíblica para a existência da reza.
Ela surgiu por causa do Catolicismo Romano que tornou-se a religião oficial no mundo e impôs esse tipo de ritual que serve para adorar qualquer coisa.
Desde festas pagãs, profanas até adoração a divindades fictícias inventadas por mãos humanas. Como é o caso de imagens de santos, coisa detestável aos olhos de Deus. Imagens que choram, lágrimas caem, vertem sangue, mel, e outros absurdos mais.
E o pior é que há incentivo para que as pessoas adorem tais objetos afirmando terem eles poderes para alguma coisa.
Imagine se Deus infinito em poder e Glória, iria permitir que algo feito por mãos humanas fosse dotado de poderes a ponto de fazer milagres ou coisa parecida.
Nem Deus derrama seus poderes nesse tipo de coisa. Quem desejar obter algo de Deus, o adore em Espirito e em Verdade.
Só quem é digno de poder e Glória é Deus Jesus e o Espirito Santo porque são UM.
Deus não aprovou nem ensinou a rezar.
Deus deixou dito que não devemos usar de vãs repetiçoes nas orações, muito menos em referência a rezas.
Se ele falou que não se deve usar de repetiçoes em orações, imagine quantas repetições existem nos diversos tipos de rezas.
Precisamos ter o maior cuidado quando nos dirigirmos a Deus, uma vez que ele não é um de nós.
Nem é surdo e nem precisa de insistencias a ponto de ficar irritado.
Ao se repetir várias vezes a mesma coisa em relação as rezas, da-se o entender que Deus é um objeto robotizado, ou uma figura sem expressão onde fala-se por repetidas vezes e ele nada pode fazer.
A reza na verdade torna Deus inerte e incapaz diante de tantas repetiçoes.
Caro leitor, imagine você encontrando com alguém e todas as vezes aquela pessoa se dirige a você com a mesma conversa, o mesmo dialogo, o mesmo discurso, mesmo que seja de elogio, mas sempre a mesma coisa.
Você gostaria de ouvir sempre a mesma coisa?
Seja sincero!
Igualmente é em relação a Deus, ou a Jesus ou ao Espirito Santo, porque fora desses três já é desaconselhavel e pecado prestar qualquer tipo de culto ou adoração!
E os cegos apesar de terem olhos, não assimilam para isso!
Eu falo assim porque já fui cego apesar de ver, mas o Senhor me abriu os olhos e eu fiquei livre da minha cegueira.
Eu conhecia Deus apenas de ouvir falar, apesar de ler a Bíblia, mas lia a minha maneira, e interpretava a minha maneira.
Estava remando contra a correnteza, mas Deus me orientou para que seguisse o verdadeiro caminho.
E eu aconselho a você parar, e pedir direção, orientação a Deus, e pedir que Ele abra seus olhos para a verdadeira verdade.
Os cegos, usam de rezas para todo tipo de coisa que veêm, criam ou sabem.
São verdadeiros adoradores, sem espirito e sem verdades, vazios, uma vez que a reza não expressa a verdadeira humilhação do pecador.
As rezas não passam dos tetos dos lugares onde são praticadas. Porque não expressam a verdadeira adoração, não se dirigem a Deus como verdadeiramente deveriam se dirigir como Deus ordenou que se dirigissem a Ele.
Apesar da intenção ser de agradar a Deus, mas da forma que fazem não chega a Ele.
De tanto usar repetições, da-se o entender que o adorado está impossibilitado, está morto e não pode fazer algo por alguém. É um ritual inconsciente, onde seus adoradores não tem a minima consciência do que estão fazendo.
Para maiores informações sobre esse assunto vejam e reflitam nos textos bíblicos abaixo e tirem suas conclusões para ver qual meio de se dirigir a Deus é mais correto:

E, quando orardes, não sereis como os hipócritas; porque gostam de orar em pé nas sinagogas e nos cantos das praças, para serem vistos dos homens. Em verdade vos digo que eles já receberam a recompensa. (Mateus 6.5)

Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará. (Mateus 6.6)

E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; porque presumem que pelo seu muito falar serão ouvidos. (Mateus 6.7)

Não vos assemelheis, pois, a eles; porque Deus, o vosso Pai, sabe o de que tendes necessidade, antes que lho peçais. (Mateus 6.8)


e tudo quanto pedirdes em oração, crendo, recebereis. (Mateus 21.22)


Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim. (João 14.6)


E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. (João 14.13)


Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei. (João 14.14)

Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda. (João 15.16)


Naquele dia, nada me perguntareis. Em verdade, em verdade vos digo: se pedirdes alguma coisa ao Pai, ele vo-la concederá em meu nome. (João 16:23,24)


De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam. (Hebreus 11,6)

Está claro e evidente que não devemos nos dirigir a Deus em forma de reza e sim de oração com temor, humilhação e muita súplica com ações de graça, e mesmo assim ainda vamos esperar sermos atendidos ou não.
Devemos esperar três respostas de Deus.
Sim! Não! Espere!

Que a Graça e a Paz de Deus esteja com todos! Amem!

Por Joseval Oliveira
Ilustração: Joseval Oliveira