Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

CONHECENDO O VERDADEIRO DEUS

Vida Eterna

Você conhece ao Deus verdadeiro? Não o deus da imaginação dos homens, mas o Deus que é descrito na Bíblia? Você O conhece com um conhecimento íntimo, de forma que O ame e O sirva? Esta é uma questão mui importante. A Bíblia nos ensina que a vida eterna é conhecer a Deus e ao Seu Filho Jesus Cristo. Jesus diz, “E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste ” (João 17:3). Se for para você ter vida eterna e viver com Deus para sempre no céu, você deve conhecer a Deus e ao Seu Filho, Jesus Cristo.
Se estiver interessado em conhecer o Deus verdadeiro, por favor, considere cuidadosamente o seguinte.


O Deus Verdadeiro

A Bíblia ensina que Deus é mui grande e glorioso . Ele é o Altíssimo Deus. “Exaltado está o SENHOR acima de todas as nações, e a sua glória sobre os céus. Quem é como o SENHOR nosso Deus, que habita nas alturas? O qual se inclina, para ver o que está nos céus e na terra! ” (Salmos 113:4-6). Deus é tão grande que ninguém é como Ele. Não há nenhum ser em todo o mundo que possa ser comparado a Deus. Deus é três Pessoas num Ser Divino: Pai, Filho e Espírito Santo. Deus é infinito, auto-suficiente, imutável e soberano. Ele é todo-poderoso, onisciente e presente em todo lugar. O Deus dos céus e da terra é o santo, justo e reto Deus. Ele é cheio de amor, graça e verdade. Ele é tão grande que Sua glória está acima de todas as nações e até mesmo acima dos céus. Nós não somos nada em comparação com Ele. “Todas as nações são como nada perante ele; ele as considera menos do que nada e como uma coisa vã ” (Isaías 40:17).

A grandeza de Deus pode ser vista nas maravilhosas obras que Ele realiza. A Bíblia ensina que Deus é o Criador de todas as coisas . Em Gênesis 1:1 lemos, “No princípio criou Deus os céus e a terra”. O universo não veio à existência por algum tipo de processo de evolução. Ele foi criado por Deus em seis dias. Deus meramente falou Sua palavra todo-poderosa e o mundo veio à existência. “Pela palavra do SENHOR foram feitos os céus, e todo o exército deles pelo espírito da sua boca...Porque falou, e foi feito; mandou, e logo apareceu ” (Salmos 33:6,9). Deus é tão grande que Ele fez o mundo a partir do nada. A Bíblia ensina que, “...os mundos pela palavra de Deus foram criados; de maneira que aquilo que se vê não foi feito do que é aparente ” (Hebreus 11:3). Toda criatura, incluindo você, deve sua existência a Deus.

Deus não somente é o Criador do mundo, mas Ele é também o Sustentador do mundo . Ele sustenta o mundo de forma que ele continua a existir. “Só tu és SENHOR; tu fizeste o céu, o céu dos céus, e todo o seu exército, a terra e tudo quanto nela há, os mares e tudo quanto neles há, e tu os guardas com vida a todos; e o exército dos céus te adora ” (Neemias 9:6). Sem o poder preservador de Deus o mundo inteiro cessaria de existir. O universo não pode permanecer por si mesmo. Ele foi criado por Deus e, portanto, necessita de Deus para a sua própria existência. Você não pode ser nada e não pode fazer nada sem o poder sustentador de Deus. Deus “dá a todos a vida, e a respiração, e todas as coisas... porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos...” (Atos 17:25,28). Você não pode nem mesmo se mover sem o poder sustentador de Deus.

A grandeza de Deus é demonstrada não somente pela criação e sustentação do mundo, mas por Seu controle sobre o mundo. Deus é o Governador do mundo . “O SENHOR tem estabelecido o seu trono nos céus, e o seu reino domina sobre tudo ” (Salmos 103:19). Deus é o único “Soberano, Rei dos reis e Senhor dos senhores ” (1 Timóteo 6:15). Ele não é um Deus fraco cuja vontade é frustrada pela criatura. Ele é o eterno Rei o que domina sobre todas as coisas, incluindo você e eu. Ele controla tanto todas as coisas do mundo que Ele produz o que Ele eternamente planejou para o mundo e para tudo o que há nele. Ele “faz todas as coisas, segundo o conselho da sua vontade ” (Efésios 1:11). Deus é o seu Governador e Rei.

Dessa forma, nenhuma criatura em todo o mundo é independente de Deus. Todos nós temos necessidade de Deus. Você deve sua própria vida ao Deus verdadeiro. Além do mais, Deus te criou para a Sua própria glória . A Bíblia diz de Deus, “... porque Tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas ” (Apocalipse 4:11). Você não foi criado para o seu próprio prazer. Você não foi criado para que simplesmente exista. Você foi trazido à existência para o prazer e para a glória de Deus.


O Requerimento de Deus

Visto que Deus é o grande e glorioso Criador, Sustentador e Governador do mundo, Ele é digno de sua honra e respeito . Lemos na Bíblia, “Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder; porque tu criaste todas as coisas... ” (Apocalipse 4:11). Em todas as obras que Ele realiza, Deus Se mostra ser tão maravilhoso e tão grande, que você deve permanecer em temor diante dEle. Deus requer que você O tema e reverencie . “Tema toda a terra ao SENHOR; temam-no todos os moradores do mundo ” (Salmos 33:8). Isto não é uma opção. É o mandamento de Deus. Você é moralmente obrigado a ter um profundo respeito pelo seu Criador.

A reverência que Deus requer de você é para ser expressa em adoração, gratidão e serviço. Como uma criatura de Deus, você deve adorá-Lo. “Ó, vinde, adoremos e prostremo-nos; ajoelhemos diante do SENHOR que nos criou ” (Salmos 95:6). Deus te chama para conhecê-Lo como o seu Criador, Sustentador e Governador, ajoelhando-se diante dEle em adoração. Sua adoração deve ser uma expressão de sua gratidão por tudo o que o seu Criador tem feito por você. A Bíblia te chama a cantar louvores a Ele. “Celebrai com júbilo ao SENHOR, todas as terras...entrai pelas portas dele com gratidão, e em seus átrios com louvor; louvai-o, e bendizei o seu nome ” (Salmos 100:1,4). Toda a sua vida deve ser separada para o serviço de Deus. Todos os seus talentos, tempo e recursos devem ser usados para a Sua glória. Jesus diz, “...Adorarás o Senhor teu Deus, e só a ele servirás ” (Lucas 4:8).

Adoração, gratidão e serviço devem ser expressos em obediência aos mandamentos de Deus. A Bíblia dia, “... Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem” (Eclesiastes 12:13). O seu dever para com Deus foi-te dado na lei de Deus. Nos dez mandamentos Ele te diz o que requer de você. A lei de Deus é encontrada na Bíblia dezessete primeiros versículos de Êxodo, capítulo vinte.

Nos quatro primeiros mandamentos você aprende seu dever específico para com Deus.



Você deve ter somente um Deus, o Deus verdadeiro da Bíblia. Somente Ele é para ser o objeto de seu amor e adoração. Todos os outros deuses são falsos deuses. Os deuses das outras religiões e os deuses do prazer, dinheiro e poder devem todos ser abandonados;
Você não pode representar a Deus por nenhum tido de imagem, nem pode adorá-Lo através de uma imagem. Você deve adorar a Deus ouvindo e obedecendo a pregação de Sua Palavra.
Deus proíbe que você tome o Seu nome em vão para amaldiçoar, jurar e usar o Seu nome de uma forma insignificante. Você deve ser cuidadoso em temer e reverenciar Seu santo nome.
Deus te chama a guardar o Seu santo dia de Repouso (Domingo). Ele é um dia especial. Você não deve usá-lo para trabalhar ou se recrear, mas para a adoração e serviço de Deus. Você deve atender aos serviços de uma igreja na qual a Verdade da Bíblia é pregada.
Deus não somente requer que você se comporte de uma certa maneira diante dEle, mas que você aja de uma certa maneira para com a humanidade. Estes deveres são encontrados nos últimos seis mandamentos. .

Você deve honrar ao seu pai e a sua mãe e todos aqueles que estão em autoridade sobre você, como oficiais do governo, líderes da igreja e seu patrão. Esta honra é expressa em respeito, submissão e obediência.
Deus proíbe que você odeie, prejudique ou assassine qualquer pessoa, incluindo você mesma. Deus abomina a inveja, o ódio, a ira e os desejos de vingança. Você deve amar até os seus inimigos.
Você não deve ter relações sexuais com ninguém que não seja legalmente seu marido ou esposa. Deus também proíbe o adultério do coração – pensamentos e desejos lascivos.
Você não pode roubar nada que pertença a outrem. Você deve ganhar as suas possessões por seu próprio labor honesto.
Você não pode trazer falso testemunho contra ninguém, caluniando, criticando ou espalhando rumores. Toda mentira é proibida.
Você não pode cobiçar (desejar em seu coração) nada que pertença a outrem.
Deve ser evidente que Deus não requer somente obediência externa, mas obediência de coração. Seu coração deve odiar tudo o que Deus proíbe e se deleitar em toda justiça. Jesus nos ensina que a lei de Deus pode ser resumida em uma palavra – amor . Ele diz, “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas ” (Mateus 22:37-40). Deus requer nada menos do que perfeito amor. Você deve amá-Lo de todo o teu coração. O amor deve ser a base de toda a sua reverência, adoração, gratidão e serviço.


O Fracasso do Homem

Se você entende que Deus é o seu Criador, Sustentador e Governador, que requer que você O ame, adore e sirva, você deve também entender algo mui básico sobre você mesmo. Você é um pecador que falha em cumprir a sua obrigação para com Deus . Você não O ama, adora e serve como deveria. Você não guarda os dez mandamentos que Deus deu. Embora você possa não desobedecer exteriormente alguns daqueles mandamentos, você quebra cada um deles em seu coração. Você não ama a Deus de todo o seu coração, alma e força. A sua vida toda não é consagrada à adoração e serviço de Deus. Você é ímpio e deve dizer, “Se pequei, que te farei, ó Guarda dos homens?... Quantas culpas e pecados tenho eu?... Eis que sou vil; que te responderia eu? A minha mão ponho à boca ” (Jó 7:20; 13:23; 40:4). Se negar que é um pecador, você está sendo desonesto consigo mesmo e com Deus. A Bíblia diz, “Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós” (1 João 1:8).

A parte da graça de Deus, ninguém pode fazer algo que seja bom e agradável a Deus. Todas as pessoas são iguais, isto é, todas são pecadoras. “Não há um justo, nem um sequer. Não há ninguém que entenda; Não há ninguém que busque a Deus. Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só ” (Romanos 3:10-12). Não há exceções. Cada uma falha em cumprir seu dever para com Deus. Mesmo aqueles feitos que parecem ser bons não são bons o suficiente para Deus. A Bíblia diz, “...todas as nossas justiças são como trapo da imundícia.. ” (Isaías 64:6). Deus requer perfeição, mas o homem está longe de ser perfeito.

Sua incapacidade de cumprir o seu dever diante de Deus não deve ser atribuída a Deus. Ele criou o homem justo e capaz de fazer tudo o que Ele requer. Mas nosso primeiro pai, Adão, rebelou-se contra Deus. Ele desobedeceu a Deus e caiu de seu estado de justiça em pecado. Como resultado daquela queda no pecado, a natureza espiritual interna de Adão se tornou má. Em vez de amar e servir a Deus, ele amou e serviu ao pecado e ao diabo. Esta natureza espiritual corrompida de Adão passou para toda a sua posteridade. Porque somos descendentes de Adão, também herdamos sua natureza corrompida . “Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram” (Romanos 5:12). Você peca porque sua natureza espiritual interior é má. Você está espiritualmente morto. A Bíblia fala da natureza interior má do homem quando diz, “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá? ” (Jeremias 17:9).

Além do mais, sua incapacidade de cumprir o seu dever não muda o fato de que Deus ainda requer o mesmo. Deus não muda. Ele ainda é o Santo Deus . Os anjos clamam diante dEle, “Santo, Santo, Santo, é o Senhor dos exércitos ” (Isaías 6:3). Como o Santo, Deus é eticamente perfeito. Ele mesmo não pode pecar e não tolera o pecado nos outros. Deus odeia o pecado e aqueles que o cometem. A Bíblia diz de Deus, “Porque tu não és um Deus que tenha prazer na iniqüidade, nem contigo habitará o mal. Os loucos não pararão à tua vista; odeias a todos os que praticam a maldade. Destruirás aqueles que falam a mentira; o SENHOR aborrecerá o homem sanguinário e fraudulento” (Salmos 5:4-6). Deus é um Deus zeloso . Ele diz, “Porque não te inclinarás diante de outro deus; pois o nome do SENHOR é Zeloso; é um Deus zeloso” (Êxodo 34:14). Embora você seja um pecador, ainda é uma criatura de Deus e Ele zelosamente o proíbe de ter outros deuses. O Deus Zeloso demanda que você ame, adore e sirva somente a Ele.

Porque o homem não cumpre o Seu dever diante de Deus, todos sem exceção são dignos da condenação e destruição eterna de Deus. Você merece o castigo eterno no inferno . Deus é tão zeloso de Sua santidade que Ele deve punir todos pelos seus pecados. “O SENHOR é Deus zeloso e vingador; o SENHOR é vingador e cheio de furor; o SENHOR toma vingança contra os seus adversários, e guarda a ira contra os seus inimigos. O SENHOR é tardio em irar-se, mas grande em poder, e ao culpado não tem por inocente... ” (Naum 1:2-3). No fim do mundo Deus enviará aos tormentos eternos do inferno todos aqueles que não foram salvos por Sua graça e que, portanto, estão ainda em seus pecados. Jesus diz, “Assim será na consumação dos séculos: virão os anjos, e separarão os maus de entre os justos, e lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá pranto e ranger de dentes ” (Mateus 13:49-50). A parte da graça de Deus, não há como escapar do castigo eterno da ira vingadora de Deus.


A Salvação de Deus

A situação do homem parece sem esperança. Como escaparemos da ira de Deus e da eterna destruição no inferno? Como podem os pecadores vir a conhecer a Deus intimamente e viver em comunhão com Ele? Como pode um pecador ser santo? É impossível para o homem. “Quem do imundo tirará o puro? Ninguém” (Jó 14:4). Mas o que é impossível para o homem, é possível para Deus. O glorioso Criador, Sustentador e Governador do mundo é também o Salvador, que liberta do pecado, da morte e do inferno . Deus diz, “Eu, eu sou o SENHOR, e fora de mim não há Salvador ” (Isaías 43:11). O Deus verdadeiro não é somente um Deus santo e justo que pune os pecadores, mas Ele é também um Deus de amor e graça, que mostra misericórdia. Em Sua graça e amor, Ele enviou a Jesus Cristo para efetuar a salvação . Deus, em Jesus Cristo, é o único Salvador.

Jesus Cristo é o eterno Filho de Deus que veio ao mundo e tomou sobre Si uma natureza humana. Ele é o Deus verdadeiro, mas é também um homem real. Em Cristo, “Deus se manifestou em carne ” (1 Timóteo 3:16). “ Seu nome é EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco" (Mateus 1:23). Jesus foi concebido pelo Espírito Santo e nasceu da virgem Maria. Depois de chegar à maioridade, pregou o evangelho por três anos e meio. Ele falou às pessoas sobre Deus, Sua Verdade e salvação. Curando os enfermos e até mesmo trazendo mortos à vida novamente, Ele mostrou o poder de Deus que salva pecadores. Em toda a Sua vida Ele amou, serviu e obedeceu a Deus perfeitamente. No final de Sua vida Ele foi tomado pelos ímpios, levado ao Calvário e cravado na cruz onde morreu, assim como Deus havia eternamente planejado. Depois de três dias no túmulo, levantou dentre os mortos. Ascendeu aos céus e está assentado à destra de Deus governando o mundo até que retorne para julgar os vivos e os mortos.

Por Sua morte sacrificial Cristo obteve salvação. Quando sofreu e morreu sobre a cruz, Ele carregou sobre o Seu próprio corpo os pecados daqueles que Deus escolheu salvar. “Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus... ” (1 Pedro 3:18). Seus pecados foram contados como sendo de Cristo e Deus puniu a Cristo no lugar deles. Cristo pagou a dívida que eles deviam a Deus, para que obtivessem o perdão de seus pecados . Lemos, “Em quem [Cristo] temos a redenção pelo seu sangue, a saber, a remissão dos pecados ” (Colossenses 1:14). Além do mais, toda a justiça de Cristo é contada como sendo deles; como se eles amassem, adorassem, servissem e obedecessem perfeitamente a Deus. Cristo o requerimento de Deus no lugar deles. “Porque, como pela desobediência de um só homem [de Adão] , muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um [de Cristo] muitos serão feitos justos ” (Romanos 5:19). A morte de Cristo salva os pecadores da ira e da condenação de Deus. “Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus... ” (Romanos 8:1).

Cristo não somente obteve salvação por Sua obra sobre a cruz, mas também a aplica às vidas de todos aqueles que Deus escolheu salvar, de forma que eles realmente experimentam a salvação. Cristo os levanta da morte espiritual para a vida espiritual dando-lhes uma nova natureza, interna, espiritual, que O ama. Assim disse Deus, “E dar-vos-ei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne. ” (Ezequiel 36:26-27). Desse novo coração Cristo faz com que nasça fé e arrependimento , de forma que o novo filho de Deus se volte de seus pecados, e pela fé adore e sirva ao Deus verdadeiro, mesmo que imperfeitamente. Ele chega a conhecer a Deus como Seu Salvador de uma maneira íntima e pessoal. Deus caminha e fala com ele de forma que têm comunhão um com o outro. “E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna ” (1 João 5:20). Cristo traz os crentes à comunhão com o Deus vivo e verdadeiro.

Esta salvação não é obra do homem. Não podemos pensar, dizer e nem fazer nada pela nossa salvação. Ela é uma obra de Deus somente. A Bíblia diz de Deus, “Que nos salvou, e chamou com uma santa vocação; não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e graça que nos foi dada em Cristo Jesus... ” (2 Timóteo 1:9). Deus salva por Sua graça somente . A salvação não é algo que mereçamos. Ela é um dom que é dado livremente através de Jesus Cristo. “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie ” (Efésios 2:8-9). Ninguém pode se gloriar de contribuir com algo para sua salvação. A salvação “não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus, que se compadece ” (Romanos 9:16).


Verdadeira Fé

Visto que Deus salva dando fé ao pecador, a salvação é impossível sem fé. Ninguém pode ser um verdadeiro filho de Deus sem fé . “Ora, sem fé é impossível agradar-lhe [a Deus] ; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam” (Hebreus 11:6). “Aquele que crê no Filho tem a vida eterna; mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece ” (João 3:36). Você quer escapar da ira de Deus e da eterna destruição no inferno? Está sobrecarregado com o peso dos seus pecados e busca o perdão? Deseja conhecer a Deus e a Seu Filho Jesus Cristo e, então, desfrutar a bênção da vida eterna? Jesus diz, “Tende fé em Deus ” (Marcos 11:22). Um homem perguntou certa vez, “Que devo fazer para ser salvo? ” Lhes responderam: “Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa ” (Atos 16:30-31). Deus ordena que você creia!

O que é fé verdadeira? Fé é três coisas:

É o conhecimento de certos fatos sobre Deus, Cristo, o homem e a salvação.
É o reconhecimento daqueles fatos como verdades.
É a confiança e a segurança no Deus verdadeiro e em Seu Filho Jesus Cristo como o seu Salvador.
No que você deve crer?

Você deve crer que Deus é o glorioso Criador, Sustentador e Governador do mundo. Que você é dependente dEle em todas as coisas.
Você dever crer que é seu dever amar, adorar, servir e obedecer a Deus. O grande e glorioso Deus é digno de sua reverência e honra.
Você deve crer que você é um pecador que não pode cumprir o seu dever para com Deus. Que você merece o tormento eterno no inferno.
Você deve crer que Deus enviou o Seu Filho primogênito, Jesus Cristo, para salvar pecadores. Cristo obteve a salvação morrendo sobre a cruz e derramando Seu precioso sangue. Ao terceiro dia Ele ressuscitou dentre os mortos como o vitorioso Salvador. Não há salvação aparte dEle.
Você deve crer que Deus em Cristo é o seu Salvador. Aquele que te livra dos pecados e lhe dá a vida eterna.
O arrependimento verdadeiro é três coisas:

É o reconhecimento do fato que você é deveras um pecador que necessita de salvação.
É uma tristeza piedosa por causa de seus pecados. Você não lamenta somente as más conseqüências dos seus pecados. Você se entristece pelo fato de que você tem pecado contra Deus, o seu Criador, Sustentador e Governador.
É o apartar-se dos pecados e abandoná-los. Você já não busca mais viver uma vida ímpia, mas busca a Deus e Sua justiça.
A fé verdadeira enche o coração do crente com gratidão de forma que agora ele deseja obedecer a Deus. Isto o faz ver quão maravilhoso Deus é em salvá-lo de seus pecados. Ele ama a Deus e quer fazer tudo o que Deus lhe ordena. Embora não possa obedecer a lei de Deus perfeitamente, ele procura guardar os Seus mandamentos. Jesus diz, “Se me amais, guardai os meus mandamentos” (João 14:15). O verdadeiro crente mostrará o seu amor para com Deus atendendo fielmente aos serviços de adoração de uma igreja, onde ele ouve a pregação da Palavra de Deus, a Bíblia. Ele lerá e estudará a Bíblia diariamente. Apresentar-se-á diante de Deus em oração todos os dias. O resto de Sua vida será devotado a aprender mais e mais sobre o verdadeiro Deus e Seu Filho Jesus Cristo.

A pessoa que tem a verdadeira fé não pensa que sua fé, arrependimento, amor e obediência são provenientes de seu próprio esforço. Ela não pensará que estas coisas são sua parte na salvação, como se tivesse ajudado a Deus. Ela sabe e crê que todas estas coisas são uma parte da salvação que Deus dá como um dom gratuito . Ela não pode ter fé, arrependimento, amor e obediência sem a graça de Deus operando estas coisas em seu coração e vida. Jesus diz, “...sem mim nada podeis fazer ” (João 15:5). Nem tampouco pensa que por sua fé, arrependimento, amor e obediência, ela está cumprindo o requerimento de Deus por si mesma. Ela crê que sua salvação é baseada unicamente sobre a morte e ressurreição de Jesus Cristo.


Você Conhece o Deus Verdadeiro?

Você conhece o Deus verdadeiro e Seu Filho Jesus Cristo? Você conhece a bem-aventurança de se ter a vida eterna?

Se não, “O mandamento de Deus é este: que creiamos no nome de seu Filho Jesus Cristo... ” (1 João 3:23).


Se você já creu, procure conhecer melhor a Deus e a Seu Filho.

Jesus diz, “E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste”.

Se você tem qualquer dúvida sobre o que leu ou se você deseja aprender mais sobre Deus, nos escreva e peça mais informação.



Por Rev. Steven Houck  Ministro nas Igrejas Protestantes Reformadas
http://www.prca.org/prtj/Portuguese/Conhecendo_O_Verdadeiro_Deus-Rev_Steven_Houck.htm
Tradução livre: Felipe Sabino de Araújo Neto - http://www.monergismo.com/
Imagem: Joseval Oliveira