Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

sábado, 18 de dezembro de 2010

O Rico e o Mendigo

Lucas 16.19-31

 Ora, havia certo homem rico que se vestia de púrpura e de linho finíssimo e que, todos os dias, se regalava esplendidamente.
Havia também certo mendigo, chamado Lázaro, coberto de chagas, que jazia à porta daquele; e desejava alimentar-se das migalhas que caíam da mesa do rico; e até os cães vinham lamber-lhe as úlceras.
Aconteceu morrer o mendigo e ser levado pelos anjos para o seio de Abraão; morreu também o rico e foi sepultado.
No inferno, estando em tormentos, levantou os olhos e viu ao longe a Abraão e Lázaro no seu seio.
Então, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim! E manda a Lázaro que molhe em água a ponta do dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama.
Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro igualmente, os males; agora, porém, aqui, ele está consolado; tu, em tormentos.
E, além de tudo, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que querem passar daqui para vós outros não podem, nem os de lá passar para nós.
Então, replicou: Pai, eu te imploro que o mandes à minha casa paterna,  porque tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de não virem também para este lugar de tormento.
Respondeu Abraão: Eles têm Moisés e os Profetas; ouçam-nos.
Mas ele insistiu: Não, pai Abraão; se alguém dentre os mortos for ter com eles, arrepender-se-ão.
Abraão, porém, lhe respondeu: Se não ouvem a Moisés e aos Profetas, tampouco se deixarão persuadir, ainda que ressuscite alguém dentre os mortos.


Estes ensinamentos de Jesus Cristo nos mostra claramente que não devemos ajuntar nem idolatrar riquezas nem luxurias nem coisas que venham tomar o lugar de Deus em nossos corações.
Isso não significa dizer que  deixemos de batalhar por um bem estar melhor em nossas vidas, logicamente que não, mas significa dizer que quando conseguirmos progressos e bem estar em nossas vidas não deixemos que tomem o lugar de Deus.

Devemos ter riquezas mas não devemos esquecer de buscar  o reino de Deus em primeiro lugar, uma vez que a riqueza acaba e o reino de Deus é eterno.
Vemos também que aquele que morre sem seguir a Cristo seu destino é o sepultamento fisico e espiritual.
Ele não vai para o seio do Senhor Jesus uma vez que negou-lhe, e ou desconheceu-lhe.

Irá sim para o inferno e lá em tormentos como Jesus mostrou, ele permanecerá com sua consciência preservada e viverá eternamente em lamentos, preocupações se é que tem. O Rico preocupava-se com seus familiares para que não agissem como ele agiu em vida. Ele ansiava que alguém fosse avisar a eles para que mudasem seus conceitos, suas formas de procedimento em relação a Deus.

Mas também naquele tempo existia os profetas,  a lei para que eles pudessem reconhecer e seguir os caminhos do Senhor.
Existem doutrinas contraditórias a palavra de Deus que afirmam que quando alguém morre pode vir dar detalhes de como é lá onde estão, se estão bens ou se estão maus.
Sendo essas doutrinas de homens não de Deus, aquele que tiver discernimento não as sigam, porque são coisas que Deus não falou.

O próprio Jesus afirmou que isso é impossível de acontecer.
O mendigo foi levado por anjos para  o seio eternal, enquanto o rico desceu as regiões de tormentos.
Não se pode afirmar onde ficam esses lugares, se é embaixo, de lado, em cima, o que importa é, que um é o reino de Deus e o outro o reino de satanás.

Quem está nesse reino de tormentos pode contemplar o que se passa no reino de Deus, assim como o rico viu a Lázaro em conforto. Não tem como passar de um lado para outro visto que existe um abismo que torna impossível essa comunicação direta. Também é impossível que um espirito de alguém que faleceu possa falar com quem está em atividade no mundo, uma vez que foi dito a ele (rico) que seria isso impossível.

Vemos que Abraão ignorou a sugestão e o pedido dele mesmo implorando-lhe por Pai. Em vida certamente desconhecia até quem seria Abraão, depois de morto em tormentos já o chamava de pai.
Abraão disse que mesmo que houvesse uma ressurreição de mortos, para que seus espiritos fossem avisar a seus irmãos, mesmo assim, não era permitido porque existia a lei de moisés e os profetas para eles seguirem e se precaverem de ir também para o inferno.

É meus amados leitores! existem muitos ensinamentos enganadores no nosso meio, cabe-nos afastarmos deles, porque a palavra de Deus não deixa dúvidas e nem tolera a quem busca burlar a  Sua Lei.
Ela é viva e eficaz e apta para discernir os propósitos do coração!
Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração. (Hebreus 4.12)

Que a paz de Nosso Senhor Jesus Cristo repouse sobre todos os leitores deste site. Amem!


Por Joseval Oliveira
Imagem: Google imagens-Internet