Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Como vai a sua saúde emocional?


O ser humano é um ser de necessidades. Um dos sentimentos mais sublimes, porém, mais complexo é o amor.

Sem o amor não há vida, não tem sentido a existência humana. O amor é o que move o homem. É do amor que brota todos os sentimentos, até mesmo os antagônicos. É o amor que gera a saúde. A felicidade como também pela sua ausência surgem as doenças, levando o homem a morte psicológica, espiritual e biológica.

Julgamos o mais sublime dos sentimentos o amor divino. O amor silencioso, sofredor, o amor louco que nada consegue atingi-lo ou diminuí-lo, é o amor capaz de dar a vida pelo outro, que passa por todas as provações e jamais esmorece, é o amor gratuito.

É o amor que, mesmo tendo a certeza que o outro está errado, é capaz de passar por cima de seus conceitos, seus medos e continuar amando.
É o amor que você nunca sabe de onde vem, mas é capaz de compadecer pelo seu próximo quando o vê sofrendo, de renunciar sua própria vida em favor de pessoas que muitas vezes você nem sabe quem são.

Amar é dar-se; é encontrar a própria felicidade em fazer o outro feliz; o verdadeiro amor baseia-se no esquecimento de si.
Mas implica uma contradição porque, ao mesmo tempo, ama-se porque se encontra a própria felicidade no outro; é pois uma tendência natural fazer do outro o instrumento da própria felicidade.

Em 1 Corintios, capitulo 13, bem como em todo o texto da Bíblia, podemos depreender que o Amor não é como nos sentimos em relação aos outros, mas como nos comportamos em relação aos outros.
Assim, o amor tem relação direta com o nosso comportamento e não com os nossos sentimentos;
pois os sentimentos são enganosos e desesperadamente corruptos, enquanto o comportamento é uma questão de escolha baseada na razão e não no coração.

As características principais do amor são: paciência, respeito, perdão, abnegação, bondade e compromisso.
De todas essas características comportamentais, o compromisso é de longe, a mas importante, pois muitos querem se envolver, porém poucos são capazes de se comprometerem.

A vida vale a pena para ser vivida com prazer! Sempre que possível procure a ajuda de um psicólogo qualificado.

Por: Maria da Paz Pessoa -Igreja do Nazareno
Ilustração: Folha Cristã