Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

sábado, 11 de junho de 2011

ANGÚSTIA




11 de junho


LEITURA BÍBLICA:
2 Reis 20.1-11
Deste aos meus dias o comprimento de um palmo; a duração da minha vida é nada diante de ti (Sl 39.5).

A melhor definição de eternidade que encontrei foi "A eternidade é a ausência do tempo". Quando morrermos ou quando, utilizando uma expressão mais "simpática", sairmos do tempo, iremos para a eternidade, uma condição em que não haverá mais esperas, não haverá depois, não haverá antes nem agora, será só eternidade. Estaremos com Deus na eternidade, e eternidade é estarmos fora do tempo e de toda a angústia que ele traz.
Angústia que Ezequias sentiu por alguns minutos quando recebeu a noticia de que morreria. Angustiado, Ezequias chorou amargamente e pediu a Deus que lhe desse mais tempo. Quinze anos a mais foi o que ele recebeu, e mais alguns favores do Deus da eternidade. O Deus da eternidade curou Ezequias da angústia que a doença e a impossibilidade de agir trazia sobre ele.
Angústia é sufoco, é abafamento, é dor no coração, é impossibilidade de agir, é o tempo correndo sem esperar por você, são as folhas do calendário caindo e você pedindo que retornem ao lugar onde estavam para haver tempo de resolver algum problema, é o tempo devorando as nossas alternativas de ação, é o corpo sendo consumido pelo próprio tempo. Angustia é o choro amargo que se chora quando parece não haver mais solução.
Somos sujeitos ao tempo e a angústias. Os nossos dias são como areia que não para de escorrer em uma ampulheta. A consciência de que os nossos dias são breves, sejam eles poucos ou não, é importante para enfrentarmos a angústia e clamarmos para o único que é o Senhor da terra, dos céus e do tempo. Mortais que somos, estamos sujeitos a momentos de angústia que podem durar quinze minutos ou quinze anos, e só um Deus eterno pode transformá-los em alívio e alegria, acrescentando tempo útil à nossa vida. - LM

Nas mãos do Deus da eternidade nossas angústias se dissolvem.

Fonte: Pão Diário
Imagem: Internet - Google Imagens