Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

quinta-feira, 7 de julho de 2011

A MENSAGEM DO SERVO SOFREDOR


(Isaías 53)
Por sucessivas vezes na antiga aliança, Deus, por seu infinito amor e misericórdia, planejou libertar o seu povo da escravidão do pecado. Vários foram os instrumentos utilizados por Ele, como: sacerdotes, profetas e reis.
Entretanto, o que lemos na historia é um povo obstinado, sem temor, agindo segundo suas vontades e sem dar a menor importancia à mensagem enviada pelos profetas da parte de Deus.
Todo o texto narra o plano perfeito de Deus para resgatar e restaurar este mesmo povo. Aproximadamente 740 anos a.C., Deus detalhava ao profeta o script da maior prova de amor que alguem pode ter pelo homem. Não era a estrategia que teria que mudar, mas o personagem que seria enviado ao povo. No plano, só haveria um personagem que seria também o protagonista, Jesus Cristo, o filho de Deus. Ele encarnou literalmente, de forma real e integra o papel de “SERVO SOFREDOR”.
Ele disse: eu vim para servir e não para ser servido, portanto, a tônica de sua vida foi marcada pelo amor às pessoas. Com todos com quem se relacionava, sempre oferecia a Sua paz, esperança e vida eterna.
Jamais fizera acepção de pessoas independente da posição social cor ou raça.
Nunca na historia haverá um homem como Jesus!
Cumpriu de forma dolorosa as facetas de seu papel traçado pelo Deus eterno. Absorveu em seu corpo o pecado do mundo. O castigo que traria a paz e a reconciliação do homem perdido com Deus.
Ele não hesitou pagar com sua vida e com o seu sangue. Cristo veio e assumiu a natureza humana, consequentemente, foi tentado, perseguído, humilhado, desprezado, julgado, condenado, crucificado, morto e sepultado. Se a morte o tivesse tragado para sempre, seria em vão pregar o evangelho.
No plano redentor de Deus, o homem voltaria a nutrir sua vida de esperança e alegria eterna através da ressurreição de Cristo.
Jesus venceu a morte! E esta é a única razão que nos faz acreditar na mensagem incontestável do Seu ato redentor.
Aliado ao papel de servo, Jesus pregou a mensagem de Deus como os profetas, Ele é o meio de reconciliar o homem com Deus na figura do sacerdote. Ele é o Rei Eterno que governa de forma soberana toda a criação. Jesus não é uma opção de esperança para o homem. Absolutamente, Jesus é a única solução para todos os problemas do homem. Quem deu crédito a nossa pregação?

Por Marconde Bezerra Chagas, Diácono da Igreja Batista Emanuel Maranguape 1
Imagem: Internet- Google imagens