Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Mensagem Pastoral – ARREPENDIMENTO



“ … Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espirito Santo” (At 2:38).

O Evangelho de Mateus conta-nos a história de dois homens que evidenciaram uma grande tristeza por seus pecados. O primeiro foi Pedro, que vergonhosamente negou seu Senhor.
Depois de tudo, ele (Pedro) “saindo dali, chorou amargamente” (Mt 26: 75).
Alguns dias depois Jesus o restaurou ao discipulado, mandando-o pastorear seu rebanho (Jo 21: 15-17).
O outro homem é Judas, que traiu Jesus, seu Mestre, por trinta peças de prata.
Quando viu que Jesus estava sendo condenado, ele, “tocado de remorso”, disse: “Pequei, traindo sangue inocente”, depois, “...Atirando para o santuário as moedas de prata, retirou-se e foi enforcar-se” (Mt 27: 3-5)
Há uma grande diferença entre esses dois. O arrependimento de Pedro, resultante em perdão e restauração, foi genuíno. O de Judas não foi.
Ainda que Judas concluísse que havia errado, não há evidências de que tivesse confessado o seu pecado ao Senhor Jesus Cristo, e rogado por perdão.
A palavra traduzida por “tomado de remorso”, “metamelomai”, literalmente quer dizer “ter cuidado depois”.
O suicídio de Judas encerra um dos capítulos mais tristes da Bíblia. Lembra as palavras de Jesus: “... ai daqueles por quem o Filho do homem está sendo traído!Melhor não lhe fora ter nascido!” (Mt 26: 24).
É importante, então, saber o que é o verdadeiro arrependimento. Conversão, é tida comumente como envolvendo dois aspectos: arrependimento e fé.
João Batista e Jesus começaram seus ministérios públicos pregando “Arrependei-vos, porque está próximo o reino de Deus” (Mt 3: 2 e 4: 17).
Toda a orientação do Sermão do Monte é que, para entrar no reino dos céus, é preciso arrepender-se das práticas pecaminosas, mudando completamente o processo mental e seguir os mandamentos de Jesus (Jo 14:21).


Extraído e Adaptado do Livro: Salvos Pela Graça -Anthony Hoekema pelo Rev. José Roberto
Ilustração: Internet - Google imagens