Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

O ESPIRITO SANTO E A SALVAÇÃO



Atos 2:37 – 47
O Espirito Santo exerce um papel fundamental e primordial na salvação do homem, levando o pecador a reconhecer seus pecados e a voltar-se para Deus (Jo 16:8-11).
Veja como isso ocorre:
1-Arrependimento, (metanoia) (Atos 2: 38) – O arrependimento é um sinal visível de que a pessoa esta passando pelo processo de conversão, que é o resultado do trabalho do Espirito Santo no coração do homem.
Isso é fundamental porque, morto em seus delitos e pecados, Ef 2: 1-3, o homem não tem condições próprias ou por si mesmo de voltar-se para Deus. Sua natureza, corrompida pelo pecado, impede-o de aproximar-se do Senhor (Is 59:1,2).

O Arrependimento é caracterizado por mudança de pensamento e de atitudes, Rm 12:1-2. O homem abandona o pecado, o antigo “eu” e sua rebeldia conta Deus, voltando-se para Ele que é rico em bondade, graça perdão e misericórdia. A salvação do homem é um ato gracioso de Deus, por meio de Jesus Cristo.
Há portanto, uma mudança de opinião, uma revisão de conceitos, uma tomada de nova posição na vida espiritual que surge da convicção de pecado e do arrependimento.

2- Novo nascimento (Jo 3: 3-5) – O arrependimento e o novo nascimento estão intimamente ligados, ambos ocorrendo mediante a graça de Deus na vida do pecador, tornando-o uma nova criatura em Cristo Jesus (2 Co 5:17). Jesus ensinou que a missão do Espirito Santo é convencer o mundo do pecado, da justiça e do juízo (Jo 16: 8-11).

Esse processo resulta na conversão do pecador, que agora arrependido, se queda aos pés do Senhor Jesus Cristo. Em Tito 3:5, Paulo afirma. “Não pelas obras de justiça praticadas por nós, mas segundo sua misericórdia, ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espirito Santo”.
Após esse processo, o Espirito Santo habita na vida do cristão, selando-o para o “Dia da Redenção” (Ef 1: 13,14)

3-Testificação da Salvação – depois da conversão, o Espirito Santo passa a habitar no convertido, dando-lhe testificação de sua salvação (Rm 5: 8; 8:16).
a) salvação pela fé (Ef 2: 8) A Bíblia nos ensina que somos salvos pela fé em Cristo Jesus, e não pelas obras, v.9. Quem poderia nos dar certeza a ponto de podermos crer e afirmar que somos salvos? O Espirito Santo é quem testifica em nossos corações que somos filhos de Deus, (Rm 8:16).
b) Salvação e Convicção (Gl 4: 6) Uma das armas usadas por Satanás, para impedir que a pessoa tenha convicção de sua salvação depois que ela “aceita” a Jesus como Senhor e Salvador, é semear a dúvida no coração. Contudo, o Espirito Santo dá certeza e confiança de que fomos remidos no sangue do Cordeiro.
c) Salvação e Filiação. A salvação recebida em Cristo Jesus nos assegura o direito de filiação a Deus. Jo 1: 12. Adquirimos o direito de filhos por adoção, Rm 8: 15 graças à justiça de Cristo que é em nós imputada.


Artigo Extraído e Adaptado pelo Rev. José Roberto
Imagem: Internet- Google imagens