Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

domingo, 11 de setembro de 2011

Expectativa




LEITURA BÍBLICA:
João 4.46-53

A palavra do Senhor é verdadeira; ele é fiel em tudo o que faz
(SI 33.4).


Se a história que você acabou de ler fizesse parte de um seriado, daqueles em capítulos na imprensa ou na televisão, o autor certamente interromperia a narrativa após o versículo 50 com algo como: "Como o oficial encontrará seu filho? Não perca o próximo capítulo!" Para João, o que importava não era deixar o leitor nessa expectativa, mas aquele oficial certamente passou por essa sensação. Entre o encontro com Jesus e o reencontro com seu filho havia uma viagem de Caná a Cafarnaum, e o texto diz que ele só chegou ao destino no dia seguinte. Aflito como estava pela cura do filho, imagino a tensão que ele sentiu nesse intervalo. O relato diz apenas que ele confiou na palavra de Jesus, apesar de Jesus lhe ter negado seu primeiro pedido de acompanhá-la até o lugar. É verdade que, com isso, Jesus transmitiu segurança ao mostrar tranquilamente que sabia o que estava dizendo e fazendo. Se o acompanhasse, a expectativa talvez não fosse menor: Jesus vai examinar o rapaz - será que vai conseguir fazer algo? Aqui o homem já partiu com a promessa de atendimento - mas era apenas uma promessa, nada visível.

Para nós, levanta-se diante dessa história a questão de como lidamos com as promessas de Deus, porque ele também não nos acompanha visivelmente. No entanto, ao ler a Bíblia, encontramos com frequência suas promessas para nós - não necessariamente de cura de doenças, como aqui, mas do seu cuidado com nossa vida e de orientação para ela, de seu amor e misericórdia diante de nossas debilidades e falhas. Mais ainda, para nos tornar cada vez mais semelhantes a ele mesmo! (2 Pe 1.4)

O procedimento daquele oficial pode ensinar-nos a ficar tranquilos a respeito do que Deus nos promete, mesmo se durante algum tempo ainda ficarmos sem enxergar nada, porque, como diz o versículo em destaque, Deus é fiel e sua palavra não falha. - RK

A confiança tranquila em Deus também é uma forma de adorá-lo.

Fonte: Pão Diário
Imagem:Internet -Google imagens