Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Arrebatamento - 5º fato




5° fato: Um evento imprevisto de amplitudes sem precedência na história

Segundo Eric Hobsbawn "o século XX foi o mais assassino na história registrada. O número total de mortes causadas por ou associadas a suas guerras foi estimado em 187 milhões, o equivalente a mais de 10% da população mundial em 1913." A Primeira e a Segunda Guerra tomaram-se guerras de âmbito mundiais. Em seu livro Era dos Extremos, SP: Companhia das Letras, 1995, Hobsbawn diz que o século XX é chamado de o século das guerras. Tome como ponto de partida 1914, que foi um evento imprevisto, sem precedência na história humana. Ela transicionou o mundo de guerras regionais para guerras de alcance mundial. Até então havia uma guerra que envolvesse todas as grandes potências, ou mesmo a maioria delas. Os grandes participantes do jogo internacional da época eram as seis grandes potências europeias (Grã-Bretanha, França, Rússia, Áustria-Hungria, Prússia - após 1871 ampliada para Alemanha - e, depois de unificada, a Itália), os EUA e o Japão.
Segundo Hobsbawn, "houvera apenas uma breve guerra em que mais de duas das grandes potências haviam combatido, a Guerra da Crimeia (1854- 1856), entre a Rússia, de um lado, e a Grã- Bretanha e a França do outro. A maioria das guerras envolvendo grandes potências fora rápida. A maior delas não fora um conflito internacional, como foi o caso da Guerra Civil dentro dos EUA (1861-1865). Media-se a extensão da guerra em meses, ou mesmo (como a guerra de 1866 entre a Prússia e a Áustria) em semanas." Hobsbawn chega a afirmar que após a Primeira Grande Guerra, seguiram-se guerras quase ininterruptas, com poucos e breves períodos sem conflito armado organizado em algum lugar. A partir daí o século foi dominado por guerras mundiais: quer dizer, por guerras entre Estados territoriais ou alianças de Estados. "O período de 1914 a 1945 pode ser visto como uma única guerra de 30 anos interrompida por uma pausa nos anos 20 - entre a retirada final dos japoneses do Extremo Oriente soviético, em 1922, e o ataque à Mandchúria, em 1931. A isso se seguiram, quase imediatamente, cerca de 40 anos de Guerra Fria, que se adequaram à definição de Hobbes da guerra consistindo "não apenas de batalhas ou do ato de lutar mas de um período de tempo no qual a vontade de travar batalhas é suficientemente conhecida." "O mundo como um todo não tem paz desde 1914."

Autor: Edino Melo – www.edferramenta.com.br
Imagem: Internet – Google imagens