Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

domingo, 28 de outubro de 2012

Planeta X ou Segundo sol?

 
Amados leitores do DIVULGADOR, mostraremos nesta postagem um assunto que está ganhando os noticiários mundiais, em muitos casos sutilmente, face a temeridade do que venha acontecer em relação ao nosso planeta terra. O homem na maioria das vezes está preparado para atacar, destruir, brigar, matar, viver em discórdias, mas quando trata-se de fenômenos naturais além de sua capacidade, em muitos casos ele treme. Existe rumores que antigas civilizações, em suas previsões a respeito do tempo e do espaço, deixaram legados que eram conhecedores de coisas talvez desconhecidas por nossa civilização em pleno século XXI. Os maias por exemplo, deixaram escritos que abordam em seus calendários algo diferente em termos de fenômenos naturais aguardados para este ano de 2012, e mediante isso, não falta quem se aproveite de situações para acrescentar cada vez mais pânico, em busca de obter lucros com seu próximo. O assunto em destaque é sobre um possível planeta desconhecido, mas que já existe vários nomes para ele tais como: Hercólubus, Nêmesis, Sedna, Planeta X, Nibiru, e vários outros..... Mas seja qual for o nome, antigas civilizações deixaram transparecer que sabiam mais sobre esse astro desconhecido. Como existe também quem interprete que dele depende nossa existência, uma vez que nele moram deuses do espaço.
E de acordo com o que foi mencionado veremos nas matérias abaixo algo a respeito do que seja:

Hercólobus
Hercólubus é um suposto planeta, descrito pelo autor New Age Joaquín Amortegui Valbuena (conhecido pelo pseudônimo de V. M. Rabolú), em seu livro Hercolubus or Red Planet. Segundo ele, esse planeta estaria se aproximado perigosamente da Terra, como no passado, quando teria destruido Atlântida , que no caso era a Pequena Atlântida ao qual Noé é um dos sobreviventes. Seu pai se chamava Lamec. É o bisavô do bíblico Nemrod. Também tem outras passagens mais antigas que se aproximam da Terra. Uma delas é a que submergiu o antigo continente da Lemúria e a Grande Atlântida. Seu nome é oriundo dos antigos sumérios que o chamavam de Ekolubus.
Rabolu alega que Hercolubus se aproximará novamente da Terra e que a única forma da humanidade se salvar do cataclismo seria a eliminação dos defeitos psicológicos e a projeção astral consciente.
Rabolú também faz analogia com a bíblia, na qual supostamente há varias passagens narrando sobre este planeta, como no Apocalipse 8:11: "E o nome da estrela era Absinto, e a terça parte das águas tornou-se em absinto, e muitos homens morreram das águas, porque se tornaram amargas."
Alguns, julgam que Hercolubus seria a estrela Barnard, o que na realidade não procede, pois tal estrela foi medida e sua distância é de 5,98 ± 0.003 anos luz da Terra.A esta distância ela deveria estar viajando a uma velocidade de 16 mil quilômetros por segundo (uma fração apreciável da velocidade da luz) para atingir a Terra em menos de um século, mais aproximadamente menos de cinco anos. Outra inverossimilhança é a confusão com Nibiru, que é na verdade uma Merkaba, ou seja, uma embarcação de Luz de seus habitantes os nefilins ou nibiruanos. . Apesar de estar se aproximando da Terra, a estrela de Barnard vai estar em seu ponto mais próximo do Sol aproximadamente no ano 11.700, quando estará a cerca de 3,8 anos-luz.
Esta distância é só um pouquinho menor que a distância da estrela mais próxima do Sol, Proxima Centauri, se encontra hoje. Segundo alguns autores é o planeta mais externo do Sistema Solar, tendo uma órbita aproximada de 6.666 anos terrestres.

Nêmesis

Nêmesis, dentro da astronomia teórica, seria uma provável estrela companheira do Sol, fazendo do Sistema Solar um sistema binário de estrelas. Ao passo de que ainda não foi observada diretamente, Nêmesis seria uma estrela escura e pequena, talvez uma anã marrom (anã castanha) , com uma órbita dezenas, centenas ou até milhares de vezes mais distante que a de Plutão.
Uma outra hipótese levantada a respeito de Nêmesis é que a sua órbita ao redor do Sol dure algo em torno de 26 milhões de anos e que em determinado momento a estrela atravessa a Nuvem de Oort e arremessa bilhões de asteróides e cometas para todos os lados, muitos dos quais acabam vindo para o Sistema Solar e atingindo a Terra causando assim grandes extinções da vida no planeta, como por exemplo a extinção KT que ocorreu há 65 milhões de anos.
A existência de Nêmesis é apenas uma teoria pouco provável, muito aceita a princípio, mas pouco provável pela ausência de um campo gravitacional que denunciasse a sua existência. Nêmesis é portanto mais um objeto hipotético do Sistema Solar.

Sedna
Sedna pode ser uma pista. O planeta-anão Sedna, aquele mesmo que propiciou a discussão e o posterior rebaixamento de Plutão, é um objeto esquisito. Segundo Mike Brown, seu descobridor, ele não deveria estar onde está. Segundo Brown, não há como explicar sua órbita, pois ele nunca está próximo o suficiente para ser afetado pelo Sol, mas também nunca está longe o suficiente para ser afetado pelas outras estrelas. Em suma, o que prende Sedna ao Sistema Solar? Além disso, a maioria dos cometas que chegam ao Sistema Solar interior (para “dentro” da órbita da Terra) parece vir de uma mesma região da Nuvem de Oort.
Esses fatos dão força à hipótese de Nêmesis, que teria de ter entre 3 e 5 massas de Júpiter no mínimo. Para esse limite de massa, ou mesmo para algumas dezenas de vezes a massa de Júpiter, esse objeto seria um planeta massivo ou uma anã-marrom. Em ambos os casos, seria praticamente indetectável no visível, mas muito brilhante no infravermelho. Mesmo Mark Brown já admitiu que esse objeto, se existir, seria muito pequeno, estaria muito longe e seria muito lento. Facilmente ele passaria despercebido nas suas observações.

Em janeiro de 2010 entrou em operação o satélite Wise da Nasa, que está mapeando o céu todo em infravermelho. Com um campo de visão bem amplo e uma sensibilidade fantástica, o satélite tem por objetivo detectar mil anãs-marrons a distâncias de até 25 anos-luz da Terra. O problema é que, para detectar Nêmesis, será preciso esperar por duas imagens do Wise para que se possa compará-las e identificar o objeto que se moveu de uma para outra. Isso só deve acontecer em meados deste ano e, ainda assim, leva um ano para analisar as imagens e pedir tempo em telescópios na Terra que possam fazer a confirmação.

Planeta X/Nibiru
Os russos já não ocultam que o chamado Planeta X ou Nibiru segundo outros, se aproxima da Terra, e suas consequências podem chegar a ser catastróficas.

No céu há um novo objeto, um ponto avermelhado anteriormente só observado por astrônomos, mas após maio de 2012, pode ser visto a simples vista. Este seria o planeta obscuro Nibiru; as probabilidades da existência deste planeta em nosso sistema solar a NASA só o reconheceu em 1982.

Há 5,000 anos os sumérios o nomearam de "Disco Alado" e argumentam que o aparecimento de Nibiru no céu representava ameaça mortal.

A queda dos asteroides na terra já não é relevante, a humanidade espera eventos bem mais grandiosos, a aproximação na Terra de outro planeta, Nibiru, que passará tão perto que ocasionará consequências para toda a humanidade e serão catastróficas já que o Planeta X é muito maior que a Terra, consequentemente, a força gravitacional também é maior.

Esta aproximação ocorrerá no final do 2012 quando os planetas estarão em seu máximo, poderia mudar a rotação da terra ou inverter os pólos, uma nova era de gelo, inundações e extermínio de 2/3 de toda a vida na superfície da terra ou possivelmente de toda humanidade.

Uma vez a cada 3, 600 anos Nibiru se aproxima do nosso sistema solar, de acordo com cálculos, este planeta será visível no final do 2012 a simples vista no hemisfério sul (Antártica) e em 21 de dezembro do 2012, passará próximo da Terra e será visto no céu como um Segundo Sol avermelhado, coincidência ou não, neste dia termina a era no calendário dos Maias, disto bem sabiam os sumérios, como a NASA também o sabe mas em lições de Astronomia não dizer-se-á nada, nem sequer uma palavra sobre Nibiru, recordem deste nome porque está se aproximando; em 1972 Joseph Brady da universidade de Califórnia descreveu que um planeta desconhecido causou distúrbio gravitacional no cometa Halley.

Enviado por Ailton

Então amados leitores, de acordo com o que foi mostrado, cada um pode tirar suas conclusões e ainda podem acompanhar através deste link: -http://www.segundo-sol.com/2012/04/materias-que-sairam-nos-jornais-sobre-o.html - Várias matérias de diferentes anos, que dizem respeito a esse astro tão amedrontador para o nosso planeta.
Seja o que for, haja o que houver, necessitamos estar preparados para qualquer coisa. Nós que cremos no Deus Altissimo, o Criador dessas coisas, e em Jesus Cristo seu único Filho. Aquele que foi morto mas ressuscitou, voltou para o céu, e que virá segunda vez, através de um arrebatamento magnífico e repentino, levará consigo todos os que nele creem, se converteram e O seguem. Como a Palavra mesmo diz que esse dia e hora ninguém sabe, somente Deus; então não podemos em hipótese nenhuma afirmar que será o fim do mundo, fim da humanidade na terra, ou a sua vinda.
Se caso vier acontecer algo diferente com a terra, sabemos que é cumprimento da Palavra de Deus que afirma em suas Escrituras, que nos fins dos tempos, acontecerão coisas assombrosas na terra, grandes sinais vindo do céu, e aumentarão o número de catástrofes, fenômenos naturais, boatos de guerras, discórdias, ameaças entre as nações, disputas por poderem na terra, o aumento da iniquidade, a falta de amor e muito mais... ou seja, a terra se tornará insuportável para viver. E isso já estamos presenciando ou vivendo. A injustiça impera em todos os lugares, a falta de amor, e a verdade já não existe. Estamos prestes a enfrentar um governo único mundial, face ao desequilíbrio financeiro mundialmente falando. Esse será o homem da iniquidade que as Escrituras se referem no livro de Apocalipse. E maiores problemas sugirão, onde muitos temerão, mas não se dobrarão para aceitarem que Deus reina sobre o mundo, e sim que o mundo reina sobre o comando deles.
Na verdade as Escrituras mencionam a respeito de um dia tenebroso como vemos:

E sucederá, naquele dia, diz o Senhor Deus, que farei que o sol se ponha ao meio dia, e em pleno dia cobrirei a terra de trevas. (Amós 8.9)
Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão o Pai. (Mateus 24.36)
Portanto amados irmãos, qualquer especulação não condiz com a Palavra de Deus, quando afirmam ser o dia final no dia 21 de dezembro de 2012. Aguardemos o desenrolar dos tempos, haja o que houver, devemos estar preparados para as coisas que sobrevirão muito em breve a terra. Para nós que cremos fielmente no SENHOR e em suas palavras escritas, é motivo de alegria ver as coisas se cumprindo. Sabemos sim que o fim está se aproximando e esse dia existirá sim, mediante a exatidão que as coisas estão acontecendo de acordo com o que está escrito, está próximo, mas exatamente o dia ninguém sabe, só Deus. Esperemos no Senhor os que já esperam, e os que ainda não conhecem o SENHOR DEUS verdadeiramente, procurem conhecer porque a Salvação é única e exclusivamente por meio de CRISTO  Quem não crer e não se converter, também não será salvo, assim diz a Palavra.

Por diác. Joseval Oliveira
Imagem: Internet-Google imagem