Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

quinta-feira, 30 de maio de 2013

A Missão dos apóstolos de Jesus



Atos 17. 22-24
Então, Paulo, levantando-se no meio do Areópago, disse: Senhores atenienses! Em tudo vos vejo acentuadamente religiosos; porque, passando e observando os objetos de vosso culto, encontrei também um altar no qual está inscrito: AO DEUS DESCONHECIDO. Pois esse que adorais sem conhecer é precisamente aquele que eu vos anuncio.
O Deus que fez o mundo e tudo o que nele existe, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em santuários feitos por mãos humanas.



Prezados e amados leitores!
O livro de Atos trata de relatar a história dos servos de Cristo enviados para a grande comissão, ou “Missão dos setenta” que foram os primeiros setenta homens a pregar e difundir o evangelho do Senhor pelo mundo, conhecidos como os setenta apóstolos. No Capitulo 17 fala do apóstolo Paulo, e do irmão Silas na cidade de Tessalônica, onde chegando eles lá se hospedaram na casa de um discípulo de Cristo chamado Jason que lhes deu acolhida; e de lá durante três sábados se dirigiram a uma sinagoga de judeus, para argumentarem com eles sobre os ensinamentos da Palavra de Deus, explicando-lhes que Jesus veio em carne para resgatar da escravidão do pecado, os que cressem nele.
Muitos dos que ouviam se convertiam a Cristo e se juntavam a eles, tais como gregos, mulheres, jovens....Os judeus vendo que as pessoas estavam se passando para o lado dos irmãos movidos pela Palavra do Senhor, por inveja em seus corações, trouxeram agitadores, malfeitores, toda espécie de malandros e foram até a casa de Jason para pegar Paulo e Silas e os prender. Não os encontrando, levaram Jason e alguns outros para a praça e queriam sacrificá-los em troca dos irmãos, afirmando que eles escondiam alguém que ameaçava o governo de César pregando que Jesus era outro rei. Foi necessário que Jason pagasse uma fiança para se ver livre daqueles insubordinados.
Foi um período difícil, mas o Senhor estava com os irmãos em qualquer situação, os livrando de qualquer mal e mostrando-lhes uma saída diante das dificuldades. Vendo que em Tessalônica estavam impossibilitados de continuarem pregando a palavra de Deus, Paulo e Silas a noite foram para a cidade de Beréia e dirigiram-se a sinagoga. Lá o povo era nobre e os acolheu com certa receptividade, mas investigavam se realmente o que eles pregavam estava de acordo com os escritos. Em Beréia, muitos da aristocracia nobre se converteram a Cristo e também os seguia. Vendo os judeus e agitadores de Tessalônica que eles estavam pregando em Bereia, foram para lá para os prender ou impedir; mas os irmãos mandaram apenas Paulo para Atenas na Grécia e deixaram Silas e Timóteo em Beréia. Lá na Grécia Paulo se deparou com situações de repúdio por parte dos gregos em relação a grande idolatria. Todos os dias Paulo ia a praça pregar a verdade de Cristo, e as pessoas estavam se sentindo incomodadas, a ponto de perguntarem: quem é esse tagarela que todo dia vem aqui pregar essas coisas? Será que está pregando outra doutrina desconhecida? Então prenderam Paulo e o levaram ao Areópago para ele se explicar, e perguntaram: Fala-nos, que tipo de doutrina é esta que trazes aqui? Porque pregas a Jesus ressuscitado e que todos ressuscitarão também igual a ele? E Paulo ficou em pé no Areópago em frente a multidão e disse:
Senhores atenienses! eu vejo que vocês são muito religiosos; passando eu por aqui, vi muitos objetos de suas adorações, mas ficai sabendo que só existe um único Deus, que é o Deus verdadeiro que está nos céus; que fez todo o universo conforme a sua vontade, que dirige e governa tudo, que enviou seu único filho para salvar os que creem nele. Nada se move, nada se transforma; não cai um fio de vossos cabelos se não for da sua permissão. Mas vi também no vosso meio um altar escrito “ AO DEUS DESCONHECIDO,” e é justamente a ESTE, como falei que eu SIRVO.
Portanto, para se adorar não é necessário vê-lo; Ele precisa de verdadeiros adoradores que o adorem em espirito em em Verdade. Nesse intervalo muitos gregos também se converteram a Cristo; e eles disseram: Não queremos mais te ouvir; quem sabe outra hora!
Muitos pessoas afirmam que adorar ídolos, se refere apenas aos ídolos do antigo Testamente, os ídolos gregos, egípcios.... Dizem que as imagens inventadas atualmente não são idolatrias; mas sim lembranças de alguém muito querido que não se encontra presente. Alguém santificado como Deus e Cristo. Dizem que Deus mandou fazer uma serpente no deserto para Moisés e o povo adorá-la; que Salomão fez imagens no templo do Senhor para as adorar; que Deus mandou fazer querubins em cima da arca da aliança para adoração, quando na verdade não foi assim. Em momento algum foi dito que adorassem tais coisas; e as imagens no Templo que Salomão construiu, foi depois que ele abandonou a Deus e passou a cultuar as idolatrias de suas mulheres, que Deus tinha dito a ele que não se envolvesse com elas. As pessoas inventam todo e qualquer tipo de pretexto para suas convicções. Mas a Palavra de Deus desde os mandamentos da Lei que diz: Não fareis nenhum tipo de imagens que se pareça com homem, mulher, e nada que existe em cima nos céus, nem embaixo na terra, nada, absolutamente nada. Adorais apenas a Deus, Cristo e Espirito Santo, pela fé, sabendo que Existem e estão reinando na pessoa de Deus. (Êx.20)
E foi assim que Paulo encontrou apenas um letreiro onde as pessoas adoravam ao Senhor verdadeiramente no meio daquela nação pagã.
Por diác. Joseval Oliveira
Imagem: Internet-Google imagens