Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

sexta-feira, 28 de junho de 2013

A auto existência de Deus


Salmos 90.2

As crianças, as vezes, perguntam: "Quem fez Deus?"
A resposta mais clara é que Deus nunca precisou ser feito, porque sempre existiu. Ele existe de um modo diferente do nosso: nós existimos de uma forma derivada, finita e frágil, mas nosso Criador existe como eterno, autossustentado e necessário. Sua existência é necessária no sentido de que não há possibilidade de ele cessar de existir.
A auto-existência de Deus é uma verdade básica. Na apresentação que faz do "Deus desconhecido" aos atenienses, Paulo explica que o Criador do mundo "nem é servido por mãos humanas, como se de alguma coisa precisasse; pois ele mesmo é quem a todos dá vida, respiração e tudo mais" (At 17.23-25). 
O Criador tem vida em si mesmo e tira de si mesmo a energia infindável e de nada necessita.
A independente auto-existência de Deus é uma verdade claramente afirmada na Bíblia (Sl 90.1-4;102.25-27; Is 40.28-31; Jo 5.26; Ap 4.10).
Na teologia, muitos erros são resultado da suposição de que as condições e limites de nossa própria existência finita se aplicam a Deus. Na vida de fé, podemos também facilmente empobrecer-nos, se alimentarmos uma ideia limitada e pequena a respeito de Deus. A doutrina da auto-existência de Deus é um anteparo e defesa contra esses erros.
O principio de que só Deus existe por si mesmo o distingue de toda criatura e é o fundamento daquilo que pensamos a respeito dele. Saber que a existência de Deus é independente protege nossa compreensão a respeito da grandeza dele e, portanto, tem claro valor prático para a nossa saúde espiritual.

Fonte: Bíblia Sagrada.
Imagem: Internet-Google imagens