Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

domingo, 16 de junho de 2013

Por que somente o Padre bebe o vinho? O Sangue de Cristo está contido na Hóstia?


Questionamentos feitos por muitas pessoas a respeito do pão e vinho ofertados nas igrejas católicas durante o ritual das missas em memória da morte de Cristo.

Amados, muitas pessoas questionam por que na igreja católica, nos horários de rituais da celebração da ceia do Senhor, só é distribuído a hóstia para as pessoas, e é vetado o vinho? ou tão somente, apenas o padre que o toma!?

Eu como nascido no catolicismo, mas resgatado pelo Senhor para na condição de servo seguir seus ensinamentos; afirmo que isso é uma prática exclusiva da igreja católica conforme seus dogmas e suas doutrinas, que não condizem em muitos casos com o constante nas Escrituras. Mas essa denominação fez suas doutrinas de acordo com seus entendimentos e eles afirmam que apenas na distribuição do pão está incluso também o sangue de Cristo. Afirmam também que se forem distribuídos o vinho simbolizando o sangue do nosso Senhor, podem ser derramadas gotas no chão e se caracteriza um desrespeito a Cristo Jesus. Mas afirmo-vos que maior desrespeito é idolatrar imagens diversas misturadas ao culto do Senhor, quebrando as Leis dos mandamentos de Deus, que dizem não fazer nenhuma imagem de nada que se pareça com figura humana, ou qualquer coisa que se assemelhe com as coisas do alto nem as da terra, e que em hipótese alguma as adorarás ou venerarás. Isso é um desrespeito abominável a Deus.

Vejamos trecho de um depoimento do que representa a igreja católica a esse respeito:

“Durante muito tempo a Igreja admitiu a comunhão em duas espécies aos fiéis. Mas esta prática trazia um grande problema, que é a facilidade com que gotas do Sangue de Nosso Senhor eram derramadas durante a administração da Comunhão. E estando Cristo presente inteiramente em cada partícula do Vinho Consagrado, este derramamento constitui um grave desrespeito para com Cristo. Assim a Igreja, conduzida pelo Espírito Santo, sabiamente interditou a comunhão em duas espécies aos fiéis, para evitar que partículas do Sangue de Nosso Senhor fossem derramadas desnecessariamente, pois, conforme já lhe disse acima, uma pessoa não precisa receber a ambas as espécies para receber a Nosso Senhor inteiramente”.
“São os hereges utraquistas e hussitas que afirmam ser obrigatória a comunhão em duas espécies. E estes foram condenados pela Igreja nos Concílios de Constança (1415) e Trento (1562)”.

Por: In Iesu et Mariae,
Fabiano Armellini. http://www.montfort.org.br/old/perguntas/hostia_consagrada.html



Amados, para os convertidos em Cristo Jesus por obra e graça do Espirito Santo, e conforme as Escrituras; a igreja dizer que não distribui para as pessoas porque pode ser derramadas gotas de sangue no chão? isso não procede porque não é o sangue propriamente dito de Jesus derramado, mas o vinho que simboliza a memória do sangue de Cristo. Conforme vemos em Mateus 26 e demais evangelhos, Marcos, Lucas, Cristo disse: fazeis isso em memória de mim, ou seja em lembrança de minha morte, de meu sacrifício, do meu sangue derramado e pisado por muitos, em favor de vocês.
Isso também não procede porque nas igrejas de doutrinas protestantes, mesmo em templos de 4, 5 mil pessoas todas são ofertadas com a simbologia da memória do sangue do Senhor feito em sacrifício por quem nEle crê, e nem por isso há derramamento de vinho no chão. Isso é uma desculpa sem base bíblica, doutrina humana, egocêntrica, desrespeitosa aos fiéis, incompleta e contrária aos princípios bíblicos.
O próprio Jesus quando do fim da última ceia, distribuiu do pão e do vinho, para que todos comessem e tomassem ao mesmo tempo, e disse aos apóstolos que seria a última aqui na terra, e que só comeriam e beberiam juntos novamente no Reino dos céus.
E ainda mais os que professam as verdades do Senhor, são chamados de hereges como vemos acima, e que a própria igreja católica os condenou por pregar a verdade em 1415 e 1562 nos seus concílios. Quem é essa denominação para condenar o povo por professar os ensinos do Senhor?
Mesmo que a injustiça e a falsidade imperem em nosso meio, o Senhor estando conosco, a quem temeremos?
Em conclusão aos questionamentos; afirmamos que conforme todos os escritos, os dois elementos que simbolizam em memória a carne e o sangue do Senhor Jesus, devem sim ser distribuídos entre todos os presentes que estiverem aptos a receberem; até porque, está escrito que se alguém tomar ou comer esses elementos estando em situações de pecados, ou rebeldia contra o Senhor, estão fazendo juízo de si mesmo diante de Deus.
Portanto amados, examinai-vos as Escrituras e vedes que os servos do Senhor só devem proceder em conformidade com o que estiver escrito, caso contrário não deis crédito, pois não procede da boca do Senhor.

Diác. Joseval Oliveira
Imagem: Internet-Google imagens