Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

O Reino de Israel



O Reino de Israel (em hebraico מַלְכוּת יִשְׂרָאֵל, Malḫut YisraʾEl), de acordo com a Bíblia, foi a nação formada pelas 12 Tribos de Israel, um povo descendente de Jacó, Isaac e Abraão.
Após o Êxodo do Egipto, sob a liderança de Moisés, os israelitas que eram nômades vaguearam pelo médio oriente durante décadas até que no final do século XIII a.C. sob a liderança de Josué os israelitas conquistam a terra de Canaã, abandonam o nomadismo e estabelecem-se nas terras conquistadas, dividindo o território entre as 12 tribos. O reino surge em meados do século XI a.C. na sequência da unificação das 12 tribos sob a chefia de Saul, seu 1º rei.
Contudo não existia um verdadeiro poder central pois cada tribo governava a si própria. Os líderes nacionais, que se designavam "Juízes" tinham um poder muito frágil e só conseguiam unir as várias tribos em caso de guerra com os povos inimigos. A união entre as tribos era tão frágil que por vezes se guerreavam entre si.
Cansados destas situações as tribos israelitas resolveram unir-se e instaurar a monarquia. O profeta Samuel, último dos Juízes, designou Saul, da Tribo de Benjamim, como o primeiro Rei de Israel. O reino abrangia a região montanhosa de Judá e de Efraim, cuja capital era Gibeal.

Saul não modificou a organização das tribos, também não tinha um exército forte, mas conseguiu derrotar os amalequitas, mas desobedece ordens do profeta Samuel não matando os animais, também sacrifica um animal para tentar falar com Deus, algo que só era permitido aos sacerdotes e profetas. Deus proclama a Samuel que o jovem pastor Davi será o novo rei de Israel. Durante a guerra contra os filisteus, Davi entra para o exército e sozinho mata o gigante Golias, tornando-se famoso. Saul viu nele uma ameaça e passa a persegui-lo. Davi junto com outros soldados refugiam-se até que os filisteus invadem Israel, Saul desesperado decide atacá-los no Monte Gilboa, mas as armas israelitas eram inferiores e eles foram atraídos para uma armadilha. Os filisteus aniquilam todos, os filhos de Saul morrem, ele então suicida-se.
Agora Davi é o novo rei de Israel e consegue restabelecer um exército e expulsar os filisteus. Também invade a cidade de Jerusalém controlada pelos jebuseus, o soldado Joabe foi o primeiro a entrar e por isso tornou-se general. Davi transforma Jerusalém em sua nova capital. Ele invade os reinos dos amonitas, moabitas e edomitas tornando-os estados tributários. Quando Davi morre, seu filho Salomão assume o trono, com a ajuda de engenheiros fenícios constrói uma grande frota mercante que comercializava desde os portos do atual Sudão até os da atual Espanha, melhora o exército, fortalece a economia. Ele se apaixonou pela Rainha de Sabá e quis se casar com ela, mas o sumo sacerdote Zadoque e os outros sacerdotes recusaram-se a aceitar o casamento, enquanto a rainha de Sabá retornou grávida de Salomão para sua terra na atual Etiópia. Salomão construiu o Templo de Jerusalém que demorou 7 anos para ser construído e isso gerou um aumento dos impostos que permaneceram mesmo após o fim da construção, o povo estava descontente com os impostos abusivos. Após sua morte, seu filho Roboão assumiu o trono, mas devido ao descontentamento em relação aos impostos, as 10 tribos do Norte separam-se e proclamaram Jeroboão como seu rei. Israel foi dividido entre o Reino de Israel (ao Norte com capital em Siquém) e o Reino de Judá (ao Sul com capital em Jerusalém).
Jeroboão estabeleceu-se em Siquém. Vendo que os israelitas continuavam peregrinando ao Templo de Jerusalém, temeu perder o seu trono e fez dois bezerros de ouro, colocando um em Betel e o outro em Dã, declarando o bezerro como o deus que tirou os israelitas do Egito, nomeou sacerdotes que não eram levitas e construiu templos. Por causa disso o profeta Aías declarou que Deus levantaria um rei de Judá que exterminaria toda a Casa de Jeroboão até o último varão. Por toda a vida tentou em vão conquistar o Reino de Judá. O filho de Jeroboão, Nadab assumiu o trono, mas dois anos depois foi assassinado e Baasa se tornou o novo rei que exterminou todos os membros da família de Jeroboão, como predito pelo profeta Aías.
Baasa também cometeu os mesmos pecados de Jeroboão, por isso também sua linhagem foi exterminada, sendo sucedida por outras que cometiam os mesmos erros.
Os reinos de Israel e Judá travavam disputas um querendo conquistar o outro. Até que entre 730-720 a.C., o rei Salmanaser V da Assíria invadiu Israel, após o rei Oséias ter recusado de pagar tributo aos assírios. Salmanaser V conquistou Israel, prendeu Oséias e os israelitas. O Reino de Judá conseguiu, finalmente, paz podendo se desenvolver.
Uso do termo Israel.
FersfIsrael, em hebraico Yisra El, significa "Príncipe que luta com Deus". (Gênesis 32:22-28) Jacob é frequentemente chamado de Israel, que segundo a Bíblia, teve o seu nome mudado de Jacó por ter lutado com um anjo por uma bênção. É sinônimo dos 12 filhos de Jacó e da nação fundada nas 12 tribos. Após Salomão, com a divisão do Reino em 2 partes, designa o Reino de Israel Setentrional (ou Reino das 10 Tribos).

Esses foram Reis em Israel.
1.Jeroboão I
2.Nadabe
3.Baasa
4.Ela
5.Zinri
6.Onri e Tibni
7.Acabe
8.Acazias
9.Jorão
10.Jeú
11.Jeoacaz
12.Jeoás
13.Jeroboão II
14.Zacarias
15.Salum
16.Menaém
17.Pecaías
18.Peca
19.Oséias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre- http://pt.wikipedia.org/wiki/Reino_de_Israel
Imagem: Internet-Google imagens- Wikipédia