Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

sábado, 2 de novembro de 2013

Diga não a idolatria



Amados, a palavra do Senhor diz que a idolatria é uma abominação a Deus; é uma afronta, um grande desafio a ponto de despertar a ira do Senhor.
Vemos que na sucessão do Rei Davi a seu filho Salomão, o mesmo, e seu reinado esteve sob os agrados de Deus até o tempo em que foi obediente ao Senhor.
O rei Davi já em avançada idade, deu ordens a seus soldados que fossem buscar Salomão em sua mula, e foi ungido rei, reinando sobre todo o povo de Israel. Salomão casou com a filha de Faraó do Egito e a trouxe até que terminasse a Casa de Deus e a sua casa para nela habitar. Pediu sabedoria ao Senhor para poder governar o povo; Julgou a causa de duas mulheres que disputavam sobre uma criança; e seu reino prosperou de maneira grandemente, a ponto de ser considerado o maior rei de toda história de Israel. Em sabedoria foi sem igual; era admirado por todas as nações, e seu reino foi de paz. Pois seu Pai Davi já tinha deixado o caminho livre a custa de grandes conquistas com a permissão de Deus, a fim de que, quando ele assumisse, estivesse reinando a paz, para que apenas pudesse fazer alianças e ter um grande período de governo. Fez alianças com varias nações; em troca lhe cediam belas mulheres; construiu belos palácios, e os mantinha com grandes gastos, que foi necessário aumentar significativamente os impostos para ter uma arrecadação suficiente para bancar as despesas de suas mulheres e tudo quanto estivesse em sua dependência.
Se aliou a Hirão rei de Tiro para que conseguisse importar madeira de lei para a construção do Templo de Deus e também sua casa, e a construção de seus palácios.
Conseguiu formar grandiosas quantidades de ouro, prata, cobre...e o Senhor era com ele em tudo que empreendia. Deus falou a Salomão o mesmo que disse a Davi. Que se ele fosse obediente e fiel ao Senhor, não transgredindo seus preceitos, seria grandemente abençoado e terminaria seu reinado sempre na paz. Mas se transgredisse os preceitos do Senhor, passaria a ter problemas e a paz se ausentaria dele e da sua casa.
E foi exatamente o que aconteceu. Depois de muitos anos de um reinado tranquilo, feliz e próspero; Salomão começa a praticar a idolatria. Foi na conversa de suas mulheres e passou a trocar Deus por imagens de esculturas, deuses estranhos das nações delas, e algo que despertou a ira do Senhor, conforme o advertiu anteriormente.
A primeira tribulação que Salomão enfrentou, foi adversários para tirar-lhe o sossego. Entrou em conflito com seu filho Jeroboão, o qual foi necessário fugir para o Egito. Após sua morte, Jeroboão volta do Egito e a partir daí as coisas passaram a ter sempre problemas na sua descendência. Seus filhos que sucederam o seu trono, tiveram grandes transtornos e conflitos com o povo; reinos foram divididos, e aquela verdadeira paz não se achou naquela família, por causa da desobediência de Salomão ao Senhor.
Isso nos alerta cada momento que não devemos ser desobedientes a Deus, e principalmente traí-lo praticando qualquer forma de idolatria, pois isso desperta a ira dele sobre quem a praticou. A idolatria não é apenas cultuar deuses estranhos como naquele tempo; nos dias atuais, a idolatria é significante na forma de adoração, veneração, apreço, admiração, cultos, súplicas, gratidão e qualquer coisa que poderia ser exclusivas do Senhor.
Se existe um Deus único e verdadeiro, não há necessidade de dirigir-se a imagens esculturais. Isso é desfazer do grande poder de Deus; é afirmar que Ele é incapaz de realizar toda e qualquer coisa na vida de quem assim procede.
Mas a primeira coisa que se deve saber, é que, com Deus não se brinca; sua promessa não pode cair no chão, nem se omitir em cada vida.
Quem trai o Senhor, entrará em justiça com Ele, e não tem do que reclamar quando estiver passando por qualquer situação adversa.
Antes, rogai a Ele que perdoe cada falta cometida, e não se deve cometer mais 
pecados, mesmo sabendo que é impossivel para nós humanos vivermos debaixo dos olhos do Senhor e sermos isentos de pecados. Mas não se pode pecar sabendo que é pecado. Pecar de forma consciente por pura rebeldia. É preciso que sempre entreguemos ao Senhor que nos perdoe, por aqueles pecados involuntários, que pecamos por atos, ações, palavras e pensamentos. O Senhor só perdoa, se a pessoa se humilhar, pedir perdão e não mais cometê-los.
Não sigamos o exemplo de Salomão, causando a ira do Senhor com desobediências e rebeldia. 1 Rs 11

A graça e a paz esteja com cada um!

Por: diác Joseval Oliveira
Imagem: Internet-Google imagens-idolatria