Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

VIRTUDES OU QUALIDADES DO ESPIRITO SANTO


Quando o apostolo passa a recomendar como o cristão deve viver, ele usa a expressão “fruto do Espirito” no singular. Cada árvore só dá um tipo de fruto, segundo a sua especie.
Quando nos convertemos e recebemos a Jesus Cristo como Senhor e Salvador, recebemos o Espirito Santo, que passa a habitar dentro de nós (1 Co. 3: 16).
Nosso espirito é ligado a Deus e o Seu Espirito (Rm 8:16) que implanta em nós o seu fruto, ou semente, que devidamente “tratada e regada” crescerá e se tornará numa frondosa árvore cheia de frutos.
É o Espirito Santo que nos restaura e nos renova.
Quanto mais nos santificamos, mais fica evidente o fruto do Espirito em nossas vidas.
O Fruto do Espirito representa de certa forma os “Atributos de Deus”; os traços do seu caráter; o fruto vem de dentro e aparece do lado de fora, no nosso dia a dia.
Do amor precede todos os demais atributos de Deus que são desenvolvidos e manisfestados nos crentes pelo Espirito Santo que nele habita.
Nossa maturidade cristã e espiritual é medida pelo grau de ação e permissão que damos ao Espirito Santo de agir e dirigir a nossa vida (Ef 5: 18).

O FRUTO DO ESPIRITO
O Fruto do Espirito tem a ver com o relacionamento intimo do cristão com Deus.
Amor: ágape ou agapao (Rm 5.5; Jo 3.16; Jo 15.2-13) é o amor de Deus, misericordioso e cheio de graça. É o mais importante, sem este não se chega aos outros. O amor ágape é sacrificial, que tudo crê, tudo sofre, tudo espera e tudo suporta.
Alegria (Gozo): Senso de bem estar, sobretudo de bem estar espiritual, por causa de uma correta e intima relação com Deus (Sl 25:14). É uma alegria que vence os obstáculos, porque é a alegria do Senhor que torna-se a nossa força (Ne 8: 10b).
Paz: É uma paz que vem mediante a fé em Cristo Jesus (Rm 5: 1). A paz com Deus gera tranquilidade no meio da guerra e dos problemas; é ter certeza da salvação e do perdão de Deus, é amar nossos inimigos. Esta paz tem a ver com nosso relacionamento com os outros.
Longanimidade: É não se deixar levar pela ira, pelas provocações, pelas perseguições; é demorar-se a dar à inimizade ou discórdia; é ver as boas qualidades onde todos enxergam só o mau. É ter paciência em meio a lutas e provações.
Benignidade: Honestidade nos negócios e na vida. É nunca ser inflexível ou amargo. Ser honesto em todas as coisas.
Bondade: Generosidade, doar sem esperar nada em troca, como disse Jesus “mais bem aventurado é o que dá do que o que recebe”.
Fidelidade (Fé): Indicando fidelidade a Deus e ao próximo. É crer nas promessas de Deus e aplicá-las ao nosso viver. Uma qualidade que é primordial no cristão é a sua fidelidade para com Deus.
Mansidão: Humanidade, calmo, ponderado, autocontrole, considerar aos outros superiores a si mesmo. Apaziguador, Cordato, sensato.
Domínio Próprio: Nas palavras: Quão boa é a palavra dita ao seu tempo (Pv 25:11). Nas ações: Equilíbrio no viver e perante Deus. Nas orações, no estudo da Palavra de Deus. Nos pensamentos: manter os pensamentos cativos na Palavra de Deus (Fp 4:8)

(Pesquisa feita pelo Rev. José Roberto)
Imagem: Internet- Google Imagens