Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Respondendo às Doutrinas Humanas Sobre o Tema:


"A Morte e o Julgamento".

Infelizmente, há uma grande gama de doutrinas conflitantes sobre este assunto: a morte e a eternidade.
Consideremos, brevemente, quatro exemplos de doutrinas humanas que contradizem o ensinamento da Bíblia.

Doutrina humana: A Morte é o fim da Existência

As pessoas que não acreditam na existência de Deus, obviamente, negam a ideia de vida após a morte.
Outros, mesmo entre aqueles que se proclamam seguidores de Jesus, ensinam que os injustos deixarão de existir, quando morrerem.
Em contraste, Jesus claramente ensinou que a existência não cessa com a morte (Mt. 22:31-32). O problema fundamental nesta doutrina humana que diz que a existência cessa com a morte, é o erro de não entender que a morte é uma separação, e não o fim da existência da pessoa (veja Tiago 2:26).

Há inúmeras igrejas que no seu corpo doutrinário negam a existência do inferno não obstante, a Bíblia mostra que o ímpio sofrerá eternamente, separado de Deus para sempre (Mateus 25:41,46).

Doutrina humana (Espírita): A Reencarnação

Muitas pessoas estão fascinadas pela ideia da reencarnação, incluindo-se aquelas que seguem religiões orientais, como o hinduísmo, que cultua vários deuses, e outras que aceitaram a filosofia da "Nova Era" ou os ensinamentos do Espiritismo.
A doutrina da reencarnação é que nossa alma voltará possivelmente centenas de vezes, para viver novamente e para ser aperfeiçoada em consecutivas vidas.
Depois de inúmeras reencarnações, a alma chega a um estágio elevado de "perfeição" que possibilita ao "espirito evolutivo” ou estado de “espirito perfeito”, fazendo com que não seja mais necessário reencarnar.
A Bíblia não diz nada para provar esta ideia, nem tão pouco a base nas Escrituras Sagradas para a reencarnação. Em contraste, a Bíblia ensina que morreremos só uma vez. Hb. 9:27-28 diz: "E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo, assim também Cristo, tendo se oferecido uma vez para sempre para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o aguardam para a salvação".
Pense no significado desta afirmação. Se uma pessoa precisa morrer muitas vezes em busca da tão sonhada perfeição, qual é o valor do sacrifício de Jesus?
Teria ele também que morrer muitas vezes?
Esta passagem mostra que ele morreu uma vez para pagar o preço de nossos pecados. Se o homem pode ser salvo e se livrar da condenação por causa de seus pecados, a obra expiatória de Cristo se torna nula. Sem valor algum.
Note, também, que a ideia de que nossas almas são aperfeiçoadas através da reencarnação éabsolutamente oposta à doutrina Bíblica de que somos salvos pela graça de Deus, por meio da fé em Jesus Cristo, nosso Senhor (Efésios 2:8-9).

(Artigo Extraído e Adaptado-Rev. José Roberto)
Imagem: Internet – Google imagens