Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

É Pedro realmente a pedra sobre a qual a igreja está edificada?


Amados, certa vez ia Jesus caminhando com seus discípulos para os lados de Cesaréia e durante a caminhada dialogando com eles, perguntou-lhes acerca de quem o Filho do Homem era. 
- Quem diz o povo ser o Filho do Homem? Aí eles lhes responderam: algumas pessoas mestre, dizem que tu é João Batista; outras dizem que tu és o profeta Elias; outros dizem que és o profeta Jeremias, ou até mesmo um dos profetas que ensinaram!
- Jesus pergunta então a eles: E vocês? Acham que eu sou quem?
Simão Pedro, o que primeiro se apresentava em todas as situações, responde: Tu és o Cristo mestre! O Filho do Deus Vivo!
Jesus vira-se para ele e diz:  muito bem Simão Barjonas; bem-aventurado és, porque não foi carne nem sangue que te revelaram, mas meu Pai que te revelou; pois eu também te digo que tu te chamas Pedro, e sobre esta pedra, eu edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Dar-te-ei as chaves do reino dos céus, e o que ligares aqui na terra, terá sido ligado nos céus; e o que desligares aqui na terra, terá sido desligado nos céus. 
Logo em seguida, Jesus muda o diálogo e diz que é necessário ir para Jerusalém, e lá será entregue nas mãos das autoridades e será morto. Também Simão Pedro toma a frente e diz a Jesus que ele não deve fazer aquilo; não deve ir a Jerusalém em hipótese alguma.
Mas Jesus diz a Simão Pedro instantaneamente: Arreda de mim Satanás! Pois não cogitas das coisas de Deus e sim dos homens. (Mateus 16.13-23)
Nós observamos que em primeiro lugar a Palavra de Deus não pode agradar a homens, mesmo que sejam amigos chegados ou irmãos; mas deve ser pregada conforme está escrito, para agradar apenas a Deus.
Vemos que na primeira situação de diálogo, Jesus elogia Pedro e lhe diz que tinha sido Deus quem o revelou para dizer que Jesus era o Filho de Deus. E que também lhe dizia que ele se chamava Pedro, e sobre “esta”, pedra, ou seja, sobre esta “Palavra”, a qual estavam falando, ele Jesus edificaria a sua igreja. E que lhe daria autoridade, poder de assim como os demais, o que fizesse a respeito do reino de Deus, seria ratificado nos céus. Mas logo em seguida, Pedro é repreendido veementemente por Jesus, que o manda sair da sua presença, porque Satanás estava lhe interferindo para aconselhar a Jesus descumprir as Escrituras.
São duas situações diferentes: Quando se coloca o foco apenas em Deus, temos aprovação de Cristo e do próprio Deus. Quando tiramos o foco dEle, ficamos vulnerável a tentação para desobedecer a Cristo e a Deus. Neste caso não se pode estar diante de Deus, porque para se chegar mais perto dele devemos estar limpos de coração e mente. Vemos também que não existe nenhum relato que Simão Pedro se tornou Papa, até porque nessa época em Roma ainda não existia a figura de Papa. O mesmo Pedro, sabe-se que foi executado pelo próprio Império Romano crucificado de cabeça para baixo. 
Toda Escritura se refere a Cristo como o Cabeça da Igreja; cada servo seu compõe uma parte da árvore bem plantada que é Cristo. Cada servo seu compõe uma pedrinha da construção, rocha bem firmada que é Cristo. Cada servo seu compõe parte do corpo da igreja que é Cristo. Se Cristo morreu pelos que crêem; ressuscitaremos com ele e viveremos com Ele e para Ele, porque somos dos que crêem.
Devemos guardar as Palavras de Deus em nosso coração para não pecarmos nem nos distanciarmos dele, porque somente nele encontramos a verdadeira paz e segurança.
Louvado seja o nome de Cristo Jesus, porque sabemos que ele é o Filho do Deus Vivo que intercede por nós os que cremos.
Que a graça e a paz esteja sobre nós!

Por: Presb. Joseval Oliveira

Imagem: Internet