Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

domingo, 19 de outubro de 2014

Jesus, o pastor das ovelhas de Deus



Amados, a palavra de Deus contida nas Escrituras Sagradas, no evangelho de João cap 10, trata de um assunto referente a Jesus, quando ensinava.
Certa vez Jesus passou a ensinar ao povo e disse que Ele era e continua sendo o Bom Pastor das ovelhas de Deus. Tais ovelhas são os crentes, ou os que passam a segui-lo convertendo-se-lhes a Ele.
Ele mesmo afirmou em alto e bom tom que todos os que passaram se dizendo que eram pastores, foram salteadores e falsos pastores. O pastor verdadeiro é aquele que dá a sua vida pelas suas ovelhas. Afirma que um falso pastor, as ovelhas fogem dele, porque conhecem se realmente é verdadeiro ou não. Diz ainda que o falso pastor ou mercenário, se faz que está defendendo o seu rebanho, mas quando ver o lobo vindo, as abandona e foge, deixando-as a mercê do lobo que as devora. Jesus fala que muitos falsos pastores aparecerem, mas as ovelhas não os seguiram. Diz com convicção que Ele é que é o Pastor Verdadeiro, que abre a porta e as ovelhas ouvindo a sua voz, entram no aprisco com segurança e Ele cuida delas, para que ninguém lhes possa fazer mal algum.
Ainda mais Jesus diz que Ele é a porta; se alguém entrar por ela, será salvo, porque passa a ser ovelha do aprisco em que Ele cuida. Ele diz com toda segurança, que ninguém arrebata nenhuma das ovelhas que lhe seguir. Jamais alguém poderá fazer-lhes algum mal, ou raptá-las porque só Ele é que pode dar a própria vida por elas. Jesus diz que ainda tem muitas ovelhas para segui-lo, no tempo certo, elas estarão lhe acompanhando para o lugar seguro, nas regiões celestiais como prometido. Ele diz que o Pai e ele são um único. Quem lhe vê, vê o Pai e vice-versa.
Diz que recebeu e lhe foi confiado todo o poder sobre todas as coisas, tanto para dar a sua vida, como para reavê-la de volta, e que essa autoridade lhe foi dada pelo Pai.
Jesus foi morto por causa de nós, pelos nossos pecados, nossas culpas; porque afirmava ser o próprio Deus. Porque Deus e Ele são um. E todos os defensores da lei de Moisés o chamavam de blasfemador, e por causa desse pecado foi acusado pelos homens, segundo a visão humana de que era pecado. Mas não se achou pecado algum sobre ele. E nem tampouco afirmar ser o próprio Deus era blasfêmia, porque realmente Ele é Deus.
Nós devemos manter nossa fé nEle, continuamente, sabendo que somos ovelhas suas, e que vivemos no seu aprisco e que Ele nos pastoreia de dia e de noite para que o lobo voraz (satanás)não nos devore.
Para que nos sintamos segurança, devemos nos entregar a Ele, obedecê-lo, e pela fé termos a certeza que habitaremos juntos no Reino celestial pelos séculos dos séculos em segurança. (João cap 10)

Por: Presb. Joseval Oliveira
Imaagem: Extraida da internet