Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

PERDOAR É LEMBRAR SEM SENTIR DOR

A Bíblia diz que Deus perdoa os nossos pecados e deles não mais lembra. Diz ainda, que devemos perdoar assim como Deus em Cristo nos perdoou.
O que significa perdoar e não mais se lembrar? Significa, porventura amnésia? Absolutamente não. Deus não tem amnésia.
Deus sabe tudo e jamais fato algum é apagado de sua memória.
Mas, então, o que a Bíblia quer dizer que Deus perdoa e esquece? Significa que Deus nunca mais cobra aquilo que ele perdoou. Deus nunca mais lança em nós aquilo que confessamos e abandonamos.
Assim, também quando a Bíblia diz que devemos perdoar como Deus e esquecer, não significa que os fatos que nos machucaram serão apagados de nossa memória. Isso é impossível e nem mesmo depende de nós.
As coisas vêm à nossa memória querendo nós ou não.
Perdoar e esquecer significa lembrar sem sentir dor; significa nunca mais cobrar da pessoa perdoada a mesma dívida. Sem perdão é impossível ter uma vida saudável. Quem não perdoa pode orar. Quem não perdoa não pode adorar a Deus verdadeiramente.
Quem não perdoa não pode ser perdoado.
Quem não perdoa adoece fisicamente. Quem não perdoa é entregue aos verdugos e flageladores da consciência. Quando guardamos mágoa de alguém, acabamos nos tornando prisioneiros dessa pessoa.
Ela nos escraviza e nos mantém em cativeiro continuamente.
Se vamos assentar para tomar uma refeição, essa pessoa pega carona conosco. Perdoar é a única maneira de quebrar essas correntes e ficarmos livres.
Jesus Cristo nos ensina a perdoar ilimitadamente; pois é dessa forma que Deus nos perdoa. Na parábola do credor incompassivo, aprendemos que a nossa dívida para com Deus era impagável. Mas, através de Seu Filho, Deus nos perdoou ilimitadamente.
Por isso, devemos agir assim. Isto é um princípio inegociável! “Assim também meu pai celeste vos fará; se do íntimo não perdoardes cada um ao seu irmão”(Mt 18.35). O perdão é o caminho da cura das feridas. É a ponte de reconciliação das relações quebradas.
O perdão é o remédio divino para os relacionamentos enfermos. O perdão é o bálsamo do céu para aqueles que andam machucados e feridos pela mágoa. Hoje é tempo de perdoar. Hoje é tempo de pedir perdão.
Hoje é tempo de restaurar relacionamentos, a fim de vivermos uma vida plena e abundante.

Por Rev. José Cristiano Tenório
Imagem: Joseval Oliveira