Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Os três objetivos do Diabo na vida do servo de Deus


(Hebreus 2.1-4)

Na época em que o Livro de Hebreus foi escrito, os cristãos, estavam vivendo um tipo de dormência espiritual. Influenciada pelo gnosticismo, que foi o grande mal dos dois primeiros séculos. O autor alerta aos irmãos dizendo "Não deixemos de nos congregar como é costume de alguns" (Hb.10.25). A Igreja havia deixado ser sal e por isso foi envolvida pelos "ventos de doutrinas ".

Este Livro foi escrito num período um tanto turbulento. O livro de Hebreus tem a intenção de mostrar que Jesus Cristo é superior aos anjos, aos sacerdotes e seus ritos, a lei e a Moisés. Que Cristo é a revelação exata do Deus Vivo. E que é preciso se fortalecer na força do Senhor para resistir no dia mal.

I - Desmotivá-lo - verso 1

Segundo o Minidicionário, a palavra desânimo significa: 
1) falta de ânimo;
2) abatimento; 
3) desalento. 
O desanimo havia levado os cristãos do primeiro século, a duvidar sobre a volta de Jesus Cristo (ver, 2 Pe. 3:9,12). Para eles já não importava mais ir ou não à igreja. Orar ou não orar uns pelos outros. Isso não fazia mais a menor diferença.

Temos negligenciado o estudo da Palavra de Deus, e isto têm levado a Igreja a estar acomodada. Deixando de influenciar o mundo, e não permitindo que ele entenda que o caminho é Cristo. O diabo tem colocado o desânimo em nossos corações, e infelizmente para nós, ele tem colhido bons resultados. Vamos vencer o desanimo irmãos, lembrando sempre que maior é o que está em nós do que o que está no mundo.

II - Descompromissá-lo -verso 2

O desanimo havia levado os cristãos a uma falta de compromisso com a obra do Senhor. Outrora tão atuantes, nos seus deveres diários, agora, eles não tinham mais este amor e desejo de servirem à Deus. Paulo em sua 1ª Carta aos Corintios diz: "Portanto, meus amados irmãos, sede firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão" (1ª Co. 15.58). "Esta (falta de compromisso tem afetado os crentes de todas as idades".

O nosso grande desafio não é encontrar crentes que trabalham na obra do Senhor; é encontrar crentes que sevem ao Senhor. Frase de um filme: "Para que o mal triunfe, basta o bem não fazer nada".

III - Esfriá-lo na Fé - verso 3

Veja então como o plano do Diabo se desenrola: Ele coloca o desanimo que como consequência nos leva a falta de compromisso com o Senhor. E a falta de compromisso nos leva a frieza na fé. E a frieza na fé nos leva à morte espiritual. Tudo bem elaborado pelo inimigo de nossas almas, que só vem para matar roubar e destruir. A frieza na fé leva a apostasia, que significa: "Abandono ou renuncia a crença, doutrina ou opinião" (ver. 1Tm. 4.1,2; 2 Tm. 3: 1-5).

A frieza na fé nos leva também a duvidarmos do poder de Deus. Leva o crente a uma vida apática e sem brilho. E pode contaminar àqueles irmãos novos na fé. É preciso dizer não a frieza na fé que bate a porta do nosso coração pedindo moradia e estadia.

Rev. José Roberto da Silva Neto