Divulgador de Cristo

Imagens em Movimento

3homens 3homens Natural

Divulgador de Cristo

Arrebatamento

Jesus Cristo

Fim dos tempos

Você sabia

versículos biblicos

Evangelização/Reflexão

Conhecendo as Escrituras

Anjos

Saiba quem é Jesus o Cristo

Salmos 23

O Lamento do Messias

Redes Sociais

Translate into your language

domingo, 19 de julho de 2015

REFLETINDO A GLÓRIA DE CRISTO

 "Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus." (Mateus 5.16).

Conta-se que certo homem, cego foi encontrado em uma esquina da cidade, sentado ao lado de uma
lanterna, a qual mantinha acesa todas as noites. Quando perguntado sobre a razão pela qual conduzia a lanterna, visto que para ele tanto a escuridão quanto a claridade eram a mesma coisa, ele respondeu: Eu a mantenho ao meu lado para que, no escuro, ninguém tropece e caia sobre mim.

Eis um grande problema contemporâneo em nossas Igrejas. Somos chamados para fazer a diferença
em meio a um mundo tão conturbado. Pecados como: a impureza, as concupiscências, a lascívia, a prostituição, o adultério, veementemente condenados por Deus e revelados como obras da carne (cf. Gálatas 5:19-21) é algo que tem se tomado comum e, o que é pior, contam com o aval positivo da sociedade brasileira. Como se não bastasse isso, temos sido atacados, de forma famigerada, pelo LGBTTS, movimento que defende os direitos de homossexuais e afins e que, ao mesmo tempo, com sua postura libertária, combate o posicionamento tradicional de segmentos cristãos ortodoxos.

Muitos que se dizem de confissão evangélica, diante de todo esse celeuma, calam-se quando, na verdade, deveriam ser os maiores combatentes de toda e qualquer manifestação pecaminosa.

O  Senhor Jesus disse que os seus discípulos deveriam ser luz do mundo. Essa expressão traz, em si mesmo, o caráter de Cristo. Ele mesmo afirmou: "Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá a luz da vida." (cf. João 8.12). Observe que aquele que está nEle não pode refletir outra coisa, senão, a Sua luz. Essa luz não é algo que vem de nós mesmos. Essa luz advém de um relacionamento íntimo e pessoal com o Salvador. Em Mateus 6.23 nós encontramos "Portanto, caso a luz que em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão!".
Ora, sendo Deus a fonte de toda luz, e "não havendo nEle treva nenhuma", que escapatória teremos?

Portanto, se verdadeiramente somos filhos da luz, esforcemo-nos para que o mundo veja a glória de Cristo reluzir em nós. E isto só é percebido quando agimos de acordo com o caráter de Cristo e não mais de acordo com as nossas próprias vontades. João, na sua primeira epístola nos assevera que "aquele, porém, que odeia a seu irmão está nas trevas, e anda nas trevas, e não sabe para onde vai, porque as trevas lhe cegaram os olhos." (cf. 1 João 2.11).

Que o ETERNO nos bendiga!

Por Pr. Josielson Lira Matos - Publicado originalmente em www.josielsonmatos.com.br