quinta-feira, 21 de julho de 2016


Bendito és tu, ó Senhor; ensina-me os teus estatutos.
Com os meus lábios declaro todas as ordenanças da tua boca.
Regozijo-me no caminho dos teus testemunhos, tanto como em todas as riquezas.
Em teus preceitos medito, e observo os teus caminhos.
Deleitar-me-ei nos teus estatutos; não me esquecerei da tua palavra.
Faze bem ao teu servo, para que eu viva; assim observarei a tua palavra.
Desvenda os meus olhos, para que eu veja as maravilhas da tua lei.
(Salmos, 119.12-18)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Graça e paz!
Querido visitante, grato pela sua visita!
Deus te abençoe grandemente!