sábado, 23 de dezembro de 2017

Verdades Fundamentais sobre Jesus segundo seus Discípulos


É sabido em toda história mundial que o maior evento de todos os tempos foi de forma miraculosa o nascimento de um menino chamado Jesus o Nazareno, o Messias prometido por Deus ao mundo para salvar o povo dos seus pecados.
Ele nasceu, cresceu, implantou e divulgou o evangelho do reino de Deus na terra, mostrou-se ao mundo como sendo o próprio Deus, mas o mundo não o recebeu, crucificando-o num madeiro como se fosse um desordeiro malfeitor; e ainda assim, de forma miraculosa, ascendeu aos céus a vista de todas as pessoas que estavam presentes naquele dia, prometendo voltar outra vez, sem pisar na terra, mas apenas nos ares, onde todo o olho humano verá seu sinal.
No seu tempo, pessoas que viveram com ele, outras testemunharam apurando relatos in loco, fazendo acuradas investigações, escreveram muitas coisas ao seu repeito.
Dessas pessoas, temos os escritos de seus discípulos e seguidores, tais como os
evangelistas que escreveram o Novo Testamento e outros foram buscar narrativas nas origens.
Mostraremos as verdades fundamentais sobre quem foi e quem é Jesus segundo os evangelistas, [Mateus, Marcos, Lucas e João].

Mateus (Levi), teve o propósito de inspirar os cristãos ao serviço grato e fiel de promover o reino de Deus ao apresentar Jesus como o tão esperado rei e apresentar o reino que ele trouxe como o cumprimento do plano da redenção de Deus.
Foi datado de 60-70 d.C.
As Verdades Fundamentais foram:
- Jesus cumpriu as Escrituras do Antigo Testamento.
- Jesus é o Rei prometido (o Messias).
- Enquanto esteve aqui na terra, Jesus inaugurou o reino de Deus.
- Os seguidores de Jesus espalharam o reino a todas as nações.
- Os seguidores de Jesus sofrerão, mas Jesus está sempre com eles.
- Quando retornar, Jesus completará o reino de Deus


(João) Marcos, teve o propósito de apresentar as boas-novas de Jesus a um público essencialmente gentio por meio da narração do testemunho dos discípulos a respeito dos fatos notáveis sobre a vida, a morte e a ressurreição de Cristo.
Foi datado de 62-69 d.C. ou um pouco antes.
As verdades Fundamentais foram:
- Jesus era o aguardado Messias de Israel.
- Jesus se revelou de modo especial aos seus doze discípulos.
- Jesus demonstrou que era o Filho Divino de Deus.
- Jesus resistiu ao reconhecimento público para sofrer e morrer em favor do seu povo.
- Jesus mostrou-se muito interessado em estender a salvação aos gentios.
- A expansão das boas-novas acerca de Jesus exerce poder sobre o mal.


Lucas (Médico), teve o propósito de apresentar um relato fiel e organizado visando estabelecer os fatos a respeito do ministério de Jesus e sua importância para a história da salvação, além de fornecer parâmetros para a igreja em sua pregação do arrependimento e perdão em nome de Jesus para todas as nações.
Foi datado de 60-63 d.C.
As verdades Fundamentais foram:
- Jesus era o Messias de Israel.
- Jesus trouxe o reino de Deus.
- Jesus controlou conscientemente os acontecimentos de sua vida com o objetivo de cumprir o seu ministério e entregar a si mesmo como oferta pelo pecado, por meio da crucificação.
- Os fatos do evangelho são verificáveis historicamente, Jesus Cristo nasceu, foi          crucificado e sepultado, ressuscitou da morte e ascendeu aos céus.
- A salvação está disponível a todas a todas as pessoas, inclusive aos menos                privilegiados socialmente. Portanto, os cristãos devem receber e honrar todos aqueles que se entregam a Cristo.
- A oração é uma parte muito importante na vida de todos os cristãos.


João, teve o propósito de apresentar a vida de Jesus de tal modo que os incrédulos possam ir a ele pela fé e os cristãos possam desenvolver sua fé em Cristo como o Messias e o Filho de Deus que desceu do céu.
Foi datado de 85-90 d.C.
As Verdades Fundamentais foram:
- Jesus é o Verbo divino que veio do céu e se tornou carne.
- Jesus veio para os judeus, mas apenas uns poucos o receberam.
- Jesus realizou muitos milagres públicos, demonstrando que era o Messias, o Filho    de Deus.
- Jesus ensinou que a salvação está exclusivamente nele.

Ainda se tem muitos relatos nas Escrituras por meio de outros apóstolos e discípulos seus. Também mencionar desde o Antigo Testamento onde os profetas do Senhor, falavam a seu respeito, que viria salvar o povo.
Sabe-se que a salvação da alma humana só se dá por meio dele (Cristo), sem ele, o ser humano é incapaz de ser salvo.
Ele é o advogado que intercede junto ao Pai por nós pecadores porque fomos afastados de Deus por causa da desobediência original de nossa raiz que foram nossos pais Adão e Eva.
Mas Deus por ter graça e misericórdia de nós, resolveu enviar Cristo para que por ele fosse retirado de nós, a mancha de pecado, e que por Ele nós os que crêssemos fossemos salvos.
Maranata!

Por Pb Joseval Oliveira
Imagem: Extraída da Internet