sábado, 3 de março de 2018

A vinda de Cristo

A palavra de Deus diz que haverá um grandioso e majestoso evento cósmico mundialmente visível a todo olho humano, para que ninguém possa dizer que não viu
independe de estar em qualquer parte do Globo Terrestre. Por exemplo, se nas Américas é dia claro e na Ásia e Oceania é noite ou vice versa, não influi. Todos verão o sinal de Cristo nos céus.

Muitas pessoas vão temer, vão temer!
Muitas pessoas vão se alegrar, vão se alegrar!
Aqueles que esperam essa promessa de Jesus, que Ele mesmo disse que seria assim: rápido como um relâmpago que corta os céus de um lado a outro.
E Jesus advertiu seus discípulos, de que muitas coisas iriam acontecer antes.
Mas que ficassem alertas todos os dias e os que estiverem vivos porque é real a sua vinda. Onde apenas irão subir aos céus para encontrassem com Ele, os escolhidos que não negaram seu nome, nem trocaram Ele por ninguém; os fiéis pela fé e que foram predestinados pelo Pai.
Eis que diz a palavra de Deus:

Mateus: 24. 29-31

Logo depois da tribulação daqueles dias, escurecerá o sol, e a lua não dará a sua luz; as estrelas cairão do céu e os poderes dos céus serão abalados. Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem, e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão vir o Filho do homem sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória. E ele enviará os seus anjos com grande clamor de trombeta, os quais lhe ajuntarão os escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus.

Fonte: Bíblia Sagrada
Imagem: Extraída da Internet