sábado, 9 de fevereiro de 2019

Jesus reprova a avareza


Não adianta ter bens, não faltar nada para se deleitar na vida material e se esquecer de Deus.
Adquirir bens, progredir na vida e se tornar abastado não é nenhum pecado.
Pecado é ter olhos grandes para o que é dos outros e ou sendo próprio, achar que é o máximo na vida e deixar Deus em segundo plano. Jesus certa vez
ensinando aos seus discípulos se deparou com muitos questionamentos que punham ele a prova para condená-lo.

Nesse ponto, um homem que estava no meio da multidão lhe falou: Mestre, ordena a meu irmão que reparta comigo a herança.
Mas Jesus lhe respondeu: Homem, quem me constituiu juiz ou partidor entre vós?
Então, lhes recomendou: Tende cuidado e guardai-vos de toda e qualquer avareza; porque a vida de um homem não consiste na abundância dos bens que ele possui.
E lhes proferiu ainda uma parábola, dizendo: O campo de um homem rico produziu com abundância.
E arrazoava consigo mesmo, dizendo: Que farei, pois não tenho onde recolher os meus frutos?
E disse: Farei isto: destruirei os meus celeiros, reconstruí-los-ei maiores e aí recolherei todo o meu produto e todos os meus bens.
Então, direi à minha alma: tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e regala-te.
Mas Deus lhe disse: Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?
Assim é o que entesoura para si mesmo e não é rico para com Deus.
Lucas 12:13-21

Fonte: Bíblia Sagrada
Imagem: Extraída da Internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Graça e paz!
Querido visitante, grato pela sua visita!
Deus te abençoe grandemente!